foto

SJDR sedia evento internacional de Mountain bike

Grandes nomes do ciclismo mundial já estão presentes em São João del-Rei, a fim de garantir uma boa classificação para as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.

foto

A cidade recebe pela terceira vez a edição da Copa Internacional de Mountain Bike. A competição acontece nos dias 15, 16 e 17 deste mês, no campus Tancredo de Almeida Neves (CTAN) da UFSJ, com entrada gratuita nos três dias.

A cidade mineira receberá cerca de 900 ciclistas, de nove países, que competirão até domingo (17), em quase 30 categorias diferentes, desde a modalidade mirim até a dos veteranos. Prova de classe 1, segundo critérios da União Ciclística Internacional (UCI), o evento deste ano dará 60 pontos ao vencedor do Cross Country (XCO) e 10 pontos ao vencedor do Sprint Eliminator (XCE) nos rankings mundial e olímpico, além de valer novamente bcomo etapa da UCI Junior Series.

“A estrutura do CTAN já está toda montada para recepcionar os atletas e o público para mais uma etapa da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike. A expectativa é de que o evento em São João del-Rei seja novamente um sucesso, assim como nos dois anos anteriores”, declara Rogério Bernardes, organizador da principal competição de MTB da América Latina.

No ano passado, o CTAN ficou repleto de pessoas para assistir ao evento. Grandes nomes do ciclismo nacional e mundial, como o vencedor da prova de 2014 na cidade – Henrique Avancine –  estão entre os dez melhores do mundo. No feminino, a ciclista Erika Gramiscelli também foi vencedora da etapa no ano passado.  Em 2016, a etapa são-joanense será decisiva para os jogos olímpicos. “A presença maciça de atletas estrangeiros e brasileiros de ponta torna a competição imperdível”, acrescentou o organizador.

Para a cidade, o evento proporciona  impactos favoráveis na economia local. Segundo a organização, a maioria dos hotéis estão repletos e o movimento nos restaurantes vai aumentar consideravelmente.

A copa também possui seu lado social, pois envolve os atletas na doação de alimentos: cada um oferece dois quilos de alimentos para competir. Outra ação é envolver as crianças e adolescentes, organizando junto à Secretaria de Educação um concurso de desenho e redação, premiando os vencedores com uma bicicleta.

“Além de incentivarem a prática esportiva, os organizadores do evento possuem objetivos sociais e educativos. Também podemos afirmar com segurança que a CIMTB Levorin gera um aquecimento da economia tanto na rede hoteleira, quanto no comércio e nos restaurantes”, analisou Cleudes Barbosa, Secretário Municipal de Esporte e Lazer.

Após a etapa são-joanense, o próximo local das competições será a cidade histórica de Congonhas no mês de novembro.

 

Texto: Willian Carvalho/VAN

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta