Dorinha leciona há 23 anos

A profissão que forma todas as outras

 

Dorinha leciona há 23 anos
Dorinha leciona há 23 anos

Sebastiana Auxiliadora de Carvalho ou simplesmente Dorinha nasceu no Distrito do Rio das Mortes em 1970. A professora, de 45 anos, leciona há 23. O desejo pela profissão veio ainda pequena, nos primeiros anos de escola, onde a orientadora de Dorinha serviu de inspiração para a escolha da carreira. Habilitou-se em Orientação Educacional logo após o Magistério do Ensino Médio e desde então nunca mais parou.
O início da carreira profissional foi em 1993, quando aprovada num concurso público na Rede Municipal de Ensino de São João del-Rei e começou sua trajetória dentro da sala de aula. Por cada escola que passou, Dorinha se lembra das peculiaridades de seus alunos. No mesmo ano, trabalhando na Zona Rural, a professora recorda a dedicação das crianças que, apesar da longa caminhada, não deixavam de ir até a escola e se dedicavam aos estudos. Como professora de Literatura Infantil nos anos de 1997 e 1998, Dorinha trabalhava gêneros literários com os alunos a fim de despertar o gosto pela leitura.

Dorinha tem uma vasta carreira educacional: foi Supervisora Pedagógica, além de vice-diretora e diretora por dois mandatos na Escola Municipal Maria Teresa. Em 2006, atuou como professora da Educação de Jovens e Adultos – EJA. Entre os anos de 2007  à 2012, através de eleições, exerceu o cargo de diretora do Sind UTE, na Subsede de São João del-rei e Região, sendo representante da Rede Municipal de São João  del-Rei.

Com os anos dedicados à profissão, a professora enfatiza que os obstáculos encontrados no cotidiano fortalecem a caminhada profissional e que, um dia após o outro, mostra que acreditar são caminhos certos nessa profissão. Ela busca sempre conscientizar o educando sobre a importância da educação na transformação da realidade por ele vivida. Segundo a professora, a maior satisfação é poder transmitir aquilo que aprendeu e contribuir para a formação de outras pessoas.

Atualmente, Dorinha é Especialista da Educação Básica na Escola Estadual Professor Iago Pimentel. De seu pai relembra as sábias palavras: “O estudo é a única herança que podemos deixar para vocês” e acredita que o conhecimento adquirido pode nos levar a sermos sujeitos de nossa história. Para Dorinha, ser professora é “doar-se, comprometer-se com o aluno todo o tempo que ele estiver ao seu lado, considerando a realidade por ele vivida”.

TEXTO/VAN: SABRINA KELLY

FOTO: ARQUIVO PESSOAL

Deixe uma resposta