Alfredo Vasconcelos sedia Festival de Orquídeas. FOTO: Raimundo P. Neto

Alfredo Vasconcelos aposta em Festival de Orquídeas

Em 2016, a data não coincide com a comemoração pelo aniversário da cidade

Alfredo Vasconcelos sedia Festival de Orquídeas. FOTO: Raimundo P. Neto
Alfredo Vasconcelos sedia Festival de Orquídeas. FOTO: Raimundo P. Neto

Alfredo Vasconcelos sedia, entre os dias 3 e 5 de junho, o V Festival de Orquídeas. O município é conhecido pelo cultivo de morangos e de rosas, mas as orquídeas também são populares junto aos moradores da cidade. Foi graças aos pedidos dos orquidófilos vasconcelenses que surgiu a ideia de aliar a exposição de orquídeas ao aniversário da cidade, comemorado no dia 27 de abril. Este ano, devido às restrições financeiras impostas pela crise no Brasil, a comemoração pela emancipação de Vasconcelos não será realizada.

Programação do Festival de Orquídeas. FOTO: Divulgação
Programação do Festival de Orquídeas. FOTO: Divulgação

 

Apesar do nome, o evento não é um festival, por isso os organizadores não esperam impacto econômico relevante. Ainda assim, as expectativas para a exposição estão elevadas. “Nós contamos com a participação de outras cidades da região, que nos brindam com suas belíssimas espécies, além da oportunidade de encontrar os amigos orquidófilos”, explica um dos organizadores do Festival, Denilson José de Oliveira.

A expositora Flávia Azevedo Canuto conta que este ano produtores de orquídeas de outras cinco cidades participam do evento. Ela acredita que o Festival terá um impacto positivo sobre Vasconcelos. “É um evento muito bonito. O público vem, se encanta, conhece a cidade e gera emprego e renda aos moradores”, explica Flávia.

A exposição também pode atrair turistas para a cidade. O Festival de Morangos, Rosas e Flores é o evento mais esperado em Alfredo Vasconcelos, mas a exposição de orquídeas também pode despertar o interesse de visitantes. “Os eventos são atrativos capazes de divulgar uma cidade como destino turístico. Mas agarrar essa oportunidade requer que o município tenha outros atrativos organizados a partir de um plano municipal de turismo”, explica o professor de Turismo do Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais, Campus Barbacena, André Luís Martin de Araújo.

 

Alfredo Vasconcelos e seu potencial Turístico

Alfredo Vasconcelos foi tema da dissertação de mestrado de André. O professor considera que o município tem um grande potencial para a prática de Turismo Rural graças à sua intensa produção agropecuária. Além disso, o povo acolhedor e hospitaleiro, as paisagens rurais e urbanas e o pertencimento à Estrada Real podem contribuir para tornar a cidade um destino turístico.

“A grande vantagem do Turismo Rural é que este aproveita a produção agropecuária como atrativo turístico. As propriedades rurais podem receber turistas sem que isso gere redução na produção. Por outro lado, pode ser necessário produzir mais, umas vez que o produtor poderá vender diretamente aos turistas. Sendo assim, observa-se que o turismo pode se integrar naturalmente à economia local a partir do momento em que o município reconhece a sua vocação para o Turismo Rural”, aconselha o professor.

TEXTO/VAN: Ana Resende Quadros

COLABORAÇÃO: Daniel Ubiratan

Deixe uma resposta