Projeto é desenvolvido na Escola Estadual Doutor Garcia de Lima FOTO: Sabrina Kelly

Alunos aprendem história através de game em escola são-joanense

Método inovador, desenvolvido por aluno da UFSJ, está sendo aplicado na Escola Estadual Doutor Garcia de Lima 

Projeto é desenvolvido na Escola Estadual Doutor Garcia de Lima FOTO: Sabrina Kelly
Projeto é desenvolvido na Escola Estadual Doutor Garcia de Lima FOTO: Sabrina Kelly

Alguns estudantes da Escola Estadual Doutor Garcia de Lima, em São João del-Rei, estão aprendendo história de maneira inovadora. Isso porque vem sendo desenvolvida uma nova didática que associa conteúdos históricos a um jogo de vídeo game, que tem o objetivo de criar aulas que despertem o interesse dos alunos, possibilitando uma maior dinâmica dentro da classe.

O estudante Jonas Goulart está no 1º ano do Ensino Médio e participou do projeto. Apesar de jogar vídeo game desde os nove anos, Jonas afirma que essa foi a primeira vez que conheceu um game com um contexto histórico. “É bem interessante essa dinâmica, pois o aluno foca mais na matéria, é um jeito diferente de aprendizagem”.

O idealizador do projeto e graduando do curso de História da UFSJ, Gustavo Franco, conta que a ideia surgiu em uma das disciplinas do curso: “Precisávamos criar uma aula diferente, com algum tema de História”. Segundo o graduando, durante a pesquisa ele descobriu uma riqueza de detalhes dentro do jogo: “A minha oficina foi sobre o renascimento, mas devido ao fato de ter encontrado vários elementos, a oficina foi interdisciplinar”.

Gustavo conta que utilizou partes do jogo“Assassin’s Creed: Brotherhood”, que se passa em Roma, na Itália e que pretende ampliar sua pesquisa nesse campo: “Muitas vezes aprendi história e geografia através do vídeo game, quando jogava e me deparava com o enredo. Assim que acabava, procurava os personagens nas enciclopédias”.

A vice-diretora, Rosana Giarola, salienta que atualmente é impossível desvincular a tecnologia das escolas e que ela precisa ser incorporada no meio educacional: “A tecnologia é algo irreversível, não adianta querermos manter a pedagogia tradicional, se hoje o que atrai os alunos é o mundo virtual”. Ela apoia a iniciativa de Gustavo: “O uso do game é um caminho novo para passar o conteúdo”.

Rosana defende uma mudança também na formação acadêmica dos futuros profissionais da educação. “O sistema das faculdades está ultrapassado, houve uma mudança comportamental dos alunos, eles são uma geração tecnológica, antes do estudante chagar na escola ele recebe vários estímulos visuais, sejam através da televisão, do vídeo game e do computador”, completa.

Conheça mais sobre o projeto no vídeo abaixo:

TEXTO/VAN: SABRINA KELLY

FOTO: SABRINA KELLY

Um comentário em “Alunos aprendem história através de game em escola são-joanense

Deixe uma resposta