Festival Happy Hour levou cultura e gastronomia aos participantes. FOTO/VAN: LUCAS ALMEIDA

Apresentações culturais encerram o Festival Happy Hour em SJDR

Evento buscou prestigiar a culinária regional e incentivar o turismo no Campo das Vertentes

Festival Happy Hour levou cultura e gastronomia aos participantes. FOTO/VAN: LUCAS ALMEIDA
Festival Happy Hour levou cultura e gastronomia aos participantes. FOTO/VAN: LUCAS ALMEIDA

Nesse final de semana, entre os dias 15 e 17 de abril, São João foi palco do encerramento do 4º Festival de Cultura e Gastronomia Happy Hour. O evento, que teve sua estrutura montada na praça do coreto, no Centro Histórico, contou com diversos shows, praça de alimentação e manifestações culturais.

Praça de alimentação montada para o evento. FOTO/VAN: Lucas Almeida
Praça de alimentação montada para o evento. FOTO/VAN: Lucas Almeida

O Festival Happy Hour, promoveu, entre os dias 17  de Março e 17 de Abril, intervenções gastronômicas em todo o Campo das Vertentes. Segundo a organização, o objetivo é “resgatar a cultura imaterial que existe na culinária de Minas Gerais e incentivar os chefs a reinventar pratos tradicionais.”

Todos os anos o festival elege o “Prato Com Ingrediente Mineiro”. Na competição, os estabelecimentos participantes são convidados a preparem uma receita levando um ingrediente específico da culinária mineira – esse ano, o escolhido foi a carne de porco, acompanhada de cerveja ou cachaça na composição.

Além de festejar a culinária mineira, o evento também trabalha a fim de incentivar o turismo na região, como conta o organizador do projeto, Adriano Resende Margotti: “O objetivo do evento é estimular o desenvolvimento do setor gastronômico, linha de turismo, e o desenvolvimento das cidades que se baseiam nessa forma de economia.”

A cerveja artesanal ganhou destaque no evento. FOTO/VAN: Lucas Almeida
A cerveja artesanal ganhou destaque no evento. FOTO/VAN: Lucas Almeida

A produção de cerveja artesanal recebeu destaque durante o evento. Em parceria com a Ophicina de Cerveja SJDR – BH, o Festival ofereceu para 30 pessoas, selecionadas através de sorteio, uma oficina de produção da bebida. Os fabricantes de cerveja estiveram presentes na cerimônia de encerramento, onde expuseram seus produtos. Para o gerente comercial da cervejaria artesanal Loba, o evento é uma plataforma de divulgação: “Para nós é muito gratificante, porque a cerveja artesanal é um mercado que está em ascensão. Então hoje, as pessoas estão sentindo necessidade de ter um produto de qualidade. Com isso, quem tem um gosto apurado está nos procurando”.

Com mais de 15 bandas, que variavam desde o samba até música celta, a diversidade de shows e apresentações culturais do evento atraiu um grande público. “Eu estou achando o evento muito bacana, tá com uma ‘vibe’ muito maneira. Eu estou tendo a oportunidade de conhecer muita gente, trocar ideia, fazer amizades. Eu acho que é muito bom pra cidade!”, contou a estudante de Teatro, Yasmin Alice Silva.

Você pode conferir a lista completa dos vencedores das competições gastronômicas

 

TEXTO/VAN: Lucas Almeida

COLABORAÇÃO: Ana Luiza Pereira e Isadora Rufo

 

Deixe uma resposta