Arquitetas Nômades retornam com projetos em São João del-Rei

Após a primeira obra concluída com sucesso no Matozinhos, o grupo arrecada verbas para a realização das próximas obras no bairro São Dimas

 

Arquitetas nômades é um projeto que oferece auxílio profissional em reformas parciais nas casas de famílias com baixa renda.  A iniciativa começou com as Arquitetas e Urbanistas, Amanda Carvalho e Camila Leal em 2017, quando participaram de um laboratório de impactos sociais. Hoje, a equipe é composta por mais 3 membros, o gestor de finanças e recursos humanos Hudson Carvalho, o consultor estratégico Douglas Araújo, e a estagiária Helena Celestino que está cursando Engenharia Elétrica.

O grupo já realizou uma reforma em São João del-Rei, cidade onde inicialmente operam, mas a equipe têm o projeto de expandir sua área de atuação. A primeira beneficiada foi a senhora Vanir, moradora do bairro Matosinhos, que teve seu banheiro reformado na primeira intervenção do projeto. O banheiro se encontrava todo rachado e com infiltrações. Dona Vanir ficou muito satisfeita com a reforma, ela afirma: “A reforma do banheiro foi muito bom pra mim, pra minha família, porque ele estava muito estragado, meio perigoso para as crianças.”

O projeto visa deixar reformas mais viáveis para famílias de renda baixa. Foto/Reprodução: Mosaico Comunicação Jr.

Agora o projeto visa realizar obras no bairro São Dimas e as contempladas foram a Dona Maria, que terá o banheiro e o telhado como prioridades; na casa da Regiane será a cozinha e o quarto dos filhos; e na casa da Ana Paula o banheiro e a cozinha. Mas, para que as obras se iniciem é necessário capital.

Para arrecadar fundos o projeto conta com contribuições voluntárias que podem ocorrer na forma de materiais de construção, que são encaminhados diretamente às famílias. E também com contribuição monetária através da plataforma de financiamento coletivo, Benfeitoria. Em entrevista, a arquiteta Amanda frisa a necessidade da campanha: “É importante focar nessa campanha de financiamento coletivo e no prazo, pois embora possamos receber contribuições em qualquer momento, se elas não acontecem agora, não realizamos a reforma e também não nos dedicaremos a captação de recursos sempre.” Falou também da necessidade de ter um capital de giro para que não fiquem sempre à mercê de doações.

As reformas que o projeto realiza são feitas em etapas, assim a família consegue resolver os problemas mais urgentes de sua residência e quando terminam de pagar por esse primeiro serviço podem escolher entre reformar ou não os outros cômodos da casa conforme suas necessidades e condições.

As Arquitetas Nômades trabalham com reformas que custam até R$ 5.000, 00 e que possibilite  a família contemplada parcelar o valor da obra em até 36 vezes. É de responsabilidade do grupo a compra de materiais, o projeto e a mão de obra.

As reformas procuram trazer mais segurança e saúde para os moradores. Foto/Reprodução: Divulgação Facebook

O grupo não está selecionando novas famílias para serem atendidas no momento, mas interessados podem entrar fazer contato demonstrando interesse através do site.

Todo o processo de seleção é realizado em etapas, a primeira delas é a análise da residência, onde são analisadas que questões serão priorizadas na reforma. Em seguida é feito o orçamento da reforma no cômodo que necessita de cuidados mais urgentes. Após a assinatura do contrato tem-se início às obras.

A primeira obra realizada deixou não só a família satisfeita. Amanda conta que ao entregar a primeira reforma teve a certeza que quer ajudar mais famílias na busca de uma moradia justa, e continuar a ter a sensação maravilhosa de dever cumprido.

Você também pode contribuir com essa ação, doando pelo site. Caso a meta não seja alcançada o dinheiro da doação será revertido novamente ao doador.  A campanha se estende até o dia 16 de abril.

 

Texto/VAN: Bárbara Morais
Foto/Reprodução: Logo Arquitetas Nômades
Colaboração: Carla Marques, Emerson William e Kamila Amaral

Deixe uma resposta