Apresentação de Tainá Bergamaschi. FOTO/VAN: Ana Resende Quadros

Barbacena recebe Festival de Música Popular Livre

Músicos de diversas cidades participaram e houve premiações

Apresentação de Tainá Bergamaschi. FOTO/VAN: Ana Resende Quadros
Apresentação de Tainá Bergamaschi. FOTO/VAN: Ana Resende Quadros

Realizado pelo Instituto Curupira, a terceira edição do Festival de Música Popular Livre ocupou as praças de Barbacena entre os dias 22 e 24 de Abril. A abertura tomou a Praça dos Andradas, no centro da cidade, e as demais atividades foram realizadas na Escola Municipal José Moreira, no Bairro Santo Antônio.

“Trata-se de um evento amplo, democrático e acessível, que lança ao mundo a essência da luta, da coletividade e do incentivo à cultura como forma de transformação ecológica, ambiental e social”, explica o diretor do Instituto e organizador do evento, Delton Mendes.

O Festival recebeu artistas de Minas Gerais e do Rio de Janeiro e distribuiu premiações como forma de valorização. O Festival mostra a riqueza musical da nossa terra e valoriza artistas da região! É uma forma de expor trabalhos de músicos que estavam ou estão até então no anonimato”, conta o músico Mike Tavares, que se apresentou no evento.

A cidade acolheu bem o Festival. “É muito bom que aconteçam eventos assim em Barbacena. Dessa forma, nós temos a oportunidade de saber o que os artistas daqui têm produzido”, conta a estudante Maria Clara Resende Silva, de 16 anos, que prestigiou a abertura do Festival.

Apresentação da banda Pré-Pagos. FOTO/VAN: Ana Resende Quadros
Apresentação da banda Pré-Pagos. FOTO/VAN: Ana Resende Quadros

“Esse tipo de festival apoia o que nós gostamos de fazer: música autoral. E esse Festival também tem uma coisa muito legal que é fazer o público ir a até a música e não só a música ir até o público”, conta o vocalista da banda Pré-Pagos, Flávio Giavane Nogueira, mais conhecido como Tio Flay.

Além do Festival de Música Popular, o Instituto Curupira proporcionou uma vivência cultural entre a noite do dia 23 e a manhã do dia 24. Segundo Delton, “o objetivo era  trocar ideias, conversar, musicar a noite e admirar as estrelas, junto à brisa da madrugada!”.

Ouça uma das apresentações:

Instituto Curupira

O Instituto Curupira é uma escola alternativa com enfoque em ecologia e sustentabilidade por meio do incentivo à arte e à cultura. O Instituto oferece cursos de formação em teatro e música, meio ambiente e ecologia, além de desenvolver pesquisas científicas e ambientais.

A instituição, uma das únicas brasileiras que atuam fora do país, promove quatro eventos gratuitos anualmente em Barbacena: o Festival de Música Popular Livre, o Festival Nacional de Teatro, o Encontro da Palavra e um Seminário de Meio Ambiente, este último em parceria com a ONG Filhos das Estrelas.

Abertura do Festival ocupa a praça dos Andradas em Barbacena. FOTO: Hilreli Alves/Rede Trilho
Abertura do Festival ocupa a praça dos Andradas em Barbacena. FOTO: Hilreli Alves/Rede Trilho

TEXTO/VAN: Ana Resende Quadros

COLABORAÇÃO: Rachel dos Santos

Deixe uma resposta