Biblioteca realiza sarau natalino

O evento reuniu diversos participantes.

No dia dezesseis de dezembro, aconteceu o Sarau de Natal na Biblioteca Municipal Batista Caetano de Almeida em São João del-Rei, que contou com aproximadamente vinte pessoas que declamaram poesias natalinas e contaram histórias do nascimento de Jesus. Esse evento acontece há mais de dez anos e é livre para qualquer um que quiser participar, sempre realizado no último domingo de cada mês, às 18 horas, variando o tema da poesia dependendo da época em que é feito. De acordo com Artur da Costa Moreira, professor e presidente da Sociedade de Amigos da Biblioteca é uma oportunidade para as pessoas que são apreciadoras de poesias e de contos literários poderem exibir suas obras guardadas em casa, declamando seus textos para os outros participantes sem receber uma crítica destrutiva. Segundo ele, esse seria um dos principais motivos das pessoas frequentarem o local.
Grupo se reúne para declamar poesias.
No ano de 1827, Baptista Caetano de Almeida, político e rico, criou a Biblioteca Municipal, dando seu próprio nome para ela. Foi doada sua coleção de volumes, cerca de oitocentos livros e ele financiou a construção da sala para poder funcionar a Livraria Pública. Atualmente, a biblioteca conta com a ajuda da SAB (Sociedade de Amigos da Biblioteca), essa ONG contribui para que projetos beneficentes sejam realizados. Recentemente a biblioteca ganhou 12 mil reais para conta de livros que está para chegar e em breve vai está sendo divulgada essa lista de livros infantis, literatura literária, receitas e etc, afirma Rosy Oliveira, responsável pela biblioteca.
O Sarau realizado na Biblioteca Municipal é fundamental para o enriquecimento da cultura da sociedade, as pessoas que estão envolvidas com esse evento estão ligadas diretamente com a biblioteca e possui um compromisso cultural com a cidade. O professor de Letras que está sempre participando, Abgar Campos Tirados, afirma que todo texto bem lido e bem declamado, traz um momento de emoção de estética muito grande para as pessoas e acha isso muito importante. Segundo o professor Artur Costa Moreira, existem casos interessantes que acontecem no Sarau como de uma pessoa começar recitar poesia desde quando era criança até sua fase de idosa, e outro de uma senhora de idade conseguir declamar seus textos de cabeça, sem precisar ler. O Sarau é a oportunidade, de unir todos sanjoanenses que tem paixão pela poesia. 
Reportagem: Tiago Santos.

Para copiar e reproduzir qualquer conteúdo da VAN, envie um e-mail para vanufsj@gmail.com, solicitando a reportagem desejada. É simples e gratuito.

Deixe uma resposta