Carnaval tricentenário constrói cultura

A histórica cidade de São João del-Rei, que este ano celebra o seu tricentenário, é palco de um dos mais tradicionais carnavais do interior do estado. Esse período de festas e brincadeiras é coberto pelos mais variados blocos carnavalescos, cada um com suas histórias e características próprias.
Nessa última terça-feira (25), a festa foi marcada pela presença pelos blocos que percorreram as ruas do centro da cidade. O primeiro foi o “Bom Batuque”, que saiu da Avenida Tiradentes e seguiu até o Largo do São Francisco. Em seguida o “Bloco PSF-Saúde” animou os foliões, saindo do Largo do Carmo e terminando a festa em frente ao coreto, na Avenida Presidente Tancredo Neves.
Finalizando a noite, celebrando seu 26º ano de existência, o bloco “Se Mamãe Deixar” saiu às ruas do Largo do Rosário. Criado por um grupo de jovens em 1988,  é umas das festas mais famosos do carnaval sanjoanense.
O folião Carlos Antônio (26 anos) participa há mais de 10 anos das festividades locais relembra: “saio da minha casa e venho pular o carnaval da cidade, este bloco me faz lembrar de quando era adolescente. Hoje tô vindo para o carnaval com a namorada junto e pra mim o nome é Se Namorada Deixar”, (risos). Na opinião da foliã Analice Souza (18 anos), que participa pela primeira vez do bloco “é tudo uma maravilha, agora que estou de maior vou participar de todos os blocos que eu puder”.
Carnaval recorde
De acordo com dados da Prefeitura Municipal de São João del-rei, estima-se que cerca de 80 mil pessoas passem pela cidade este ano, o que seria o maior público em relação aos anos anteriores. Com isso, o governo municipal investiu cerca de 300 mil reais visando melhorar a infraestrutura do carnaval tricentenário.
VAN/Willian Carvalho
Foto: Thiago Morandi

Deixe uma resposta