Centro Artístico revela talentos de São Tiago

Inaugurado em 2006, o Centro Artístico e Cultural de São Tiago vem incentivando cada vez mais pessoas a desenvolverem suas habilidades musicais e permitindo que talentos se revelem. Luciane Lopes, que já foi diretora da instituição, conta que “o Ponto de Cultura de São Tiago possibilita que muitas crianças, jovens e adultos desenvolvam seus dons artísticos na área de música, teatro, artesanato e outros. Muitos alunos que lá começaram, hoje fazem parte de bandas, grupos e corais”.
De acordo com Luciane Lopes, dentre as atividades do Centro Cultural ao longo do ano, o Show de Calouros é uma das que mais se destacam. Geralmente realizado no mês de julho, próximo à festa do padroeiro da cidade, o evento “revela grandes talentos e apresenta à comunidade personalidades irreverentes e faz o público dar boas gargalhadas”, menciona a ex-diretora.
Monitor cultural do Centro, além de músico, Wellington Morais revela seu contentamento com o sucesso da instituição, contando um pouco como surgiram as primeiras ideias de criação de um Centro Artístico e as primeiras fases do projeto: “Na passagem de 2002 para 2003 tivemos a ideia de levar um projeto para a administração cujo foco seria ‘Arte e Cultura’, que vinha fazendo com outros profissionais como Josiane Marques e Vick Martins, com quem muito aprendi. Inicialmente fazíamos oficinas de arte e pintura, depois migramos para o teatro com uma equipe de jovens da cidade que faziam peças durante alguns eventos na cidade”.
Wellington Morais afirma ainda que a dificuldade da época em se trabalhar com o teatro e a pintura em uma cidade do interior fez com que apostasse na música para atrair investimentos para o projeto. Segundo ele, “queria muito investir em algo assim que desse maior visibilidade para um projeto do qual todos poderiam fazer parte. Então, levei o projeto para a administração municipal e a mesma abraçou a causa e criou a Casa de Cultura”.
Ele conta que, aos poucos, foram conseguindo levar músicos para atuarem no Espaço. Após a formação da banda KIMEW com músicos da casa e outros alunos que ingressaram nas aulas de violão, foi notável o interesse da “meninada”, que depertou para a música, tornando o projeto um sucesso.
A funcionária pública Sueli Santiago matriculou dois de seus filhos no curso de flauta há algum tempo, e viu com surpresa que as crianças, ao decorarem partituras e tocarem o instrumento, passaram a ter um melhor desempenho na escola com relação a memorização e aprendizagem. Percebe-se que a criação do Centro Artístico e Cultural atingiu positivamente a população em geral, de maneira direta ou indireta.
O Centro Artístico e Cultural de São Tiago é mantido e administrado pelo Fórum Cultural e de Empreendimentos de São Tiago (FOCEST), com a parceria da Prefeitura Municipal e da Paróquia de São Tiago. Sua sede fica situada na Praça São Vicente de Paulo, 253, no Bairro Cerrado, com funcionamento de segunda à sexta-feira, de 8h às 17h.
VAN/Marcus Santiago
Foto: Marcus Santiago

Deixe uma resposta