Há 16 anos o circuito contribui para o desenvolvimento do turismo na região. FOTO Divulgação/Facebook

Circuito trilha dos Inconfidentes: 16 anos impulsionando o turismo

A associação promove ações que auxiliam no desenvolvimento de 20 municípios

Há 16 anos o circuito contribui para o desenvolvimento do turismo na região. FOTO Divulgação/Facebook
Há 16 anos o circuito contribui para o desenvolvimento do turismo na região. FOTO Divulgação/Facebook

Criado em 2000, o Circuito Trilha dos Inconfidentes busca desenvolver o turismo em 20 cidades na região do Campo das Vertentes. A associação é uma das primeiras ligadas ao turismo em Minas Gerais e é fruto do interesse das pessoas que trabalham em prol do crescimento regional e com consequências locais. Com 16 anos de história, a Trilha tem muitos projetos envolvendo sinalização, promoção de eventos e outras atividades e assessoria aos municípios, estruturados para impulsionar o turismo regional de forma sustentável.

Como forma de comemoração do aniversário da trilha, está sendo negociada a realização de almoço com os prefeitos das cidades que participam do circuito para o fim de outubro, data em que serão apresentadas as propostas para 2017, de acordo com o Turismólogo Marcus Vinicius da Costa Januário, gestor do circuito. No ano passado, evento semelhante foi realizado e gerou um ótimo retorno.

 

Projetos

Mapa apresenta as cidades da Trilha dos Inconfidentes. ARTE/VAN: Laila Zin
Mapa apresenta as cidades da Trilha dos Inconfidentes. ARTE/VAN: Laila Zin

A Trilha promove vários projetos que visam o desenvolvimento turístico nas cidades participantes. Entre os principais, estão: Sinalização Turística Rodoviária (nas principais rodovias de acesso aos municípios do circuito), Assessoria ao ICMS Turístico, atualização do Inventário da Oferta Turística – INVITUR, e o Trilha Gastronômica.

Segundo Sandro Paulo da Silva, que trabalha como Condutor Local em Carrancas, uma das cidades que faz parte do circuito, as ações funcionam como um tipo de propaganda para os municípios. “Eles divulgam bastante os Roteiros Turísticos e isso ajuda o pessoal ver e ter vontade de conhecer”, afirma. De acordo com ele, nos locais em que são promovidos os projetos, já existe uma divulgação automática do turismo.

 

Trilha Gastronômica

A trilha gastronômica está entre as principais ações da associação e visa a promoção dos eventos gastronômicos realizados nas cidades do circuito, com a proposta de fazer com que cada vez mais pessoas conheçam estes eventos. O projeto tomou forma a partir da ideia organizar o calendário por segmentos, o primeiro escolhido foi a Gastronomia, mas para o próximo ano existem previsões de utilizarem outros segmentos do turismo.

Como resultado há um maior desenvolvimento turístico nas cidades que são associadas ao Trilha dos Inconfidentes, gerando mais emprego, renda e consequentemente uma melhor qualidade de vida para seus moradores. De acordo com Marcus há também uma maior valorização da tradicional gastronomia mineira, costumes e modo de preparo, aliando o moderno com o antigo, promovendo uma releitura da gastronomia mineira.

Climene Pereira Dutra de Resende é  diretora do Departamento Municipal de Cultura Esporte Lazer e Turismo de Lagoa Dourada,  e conta que Lagoa Dourada foi uma das primeiras cidade a fazer parte da trilha. A partir daí foi implantado o ICMS turístico, que possibilitou que o município passasse a contar com mais um recurso direcionado ao turismo na cidade o qual contribuiu para o desenvolvimento cultural e gastronômico local.

 

Contribuições para os municípios e para a população

O Circuito contribui de diversas maneiras para o desenvolvimento dos municípios. Além de impulsionar o turismo e gerar mais lucro, empregos e visibilidade para os locais  também cria uma sensação de orgulho e pertencimento para os que vivem nesses locais. “O circuito trabalha para a melhoria do desenvolvimento turístico de cada cidade, valorizando e consolidando a identidade dos municípios, para que a população possa cada vez mais se sentir melhor na cidade onde vive, pois o turismo só acontece na cidade, se ela for boa para seu morador”, relata Marcus.

Rodrigo dos Santos Oliveira é empreendedor e conheceu a iniciativa através de projetos do circuito com a prefeitura de Prados, cidade onde mora. Para ele, a associação contribui muito para o desenvolvimento de um município e utiliza como principal recurso a geração de visibilidade, seja por meio da sinalização da estrada com o projeto “Tô na Trilha Certa”, ou apenas ressaltando o melhor que cada cidade tem a oferecer.

 

TEXTO/VAN: Scarlet Freitas

Deixe uma resposta