_MG_0041

Combinação de Rock’n roll e cerveja no segundo dia do Trembier

Evento une música, cerveja e cultura.

Ao som do rock ’n’ roll, na sexta-feira (05), o público pôde curtir o segundo dia do Trembier, considerado o maior Festival de Cerveja artesanal de Minas. A 4º edição do evento trouxe pela segunda vez, o concurso de bandas locais, que tem como objetivo valorizar o melhor da música. A programação contou com a abertura dos estandes ao meio-dia e com os shows das bandas: Trevose, Reggaeda Blues, Red Label e John Clay a partir das 16h da tarde.

Alisson Zakka, vocalista da Trevose declara: “O processo seletivo para tocar no festival foi legal porque conhecemos várias pessoas ao longo do caminho, que conheceram nosso som, o que deu visibilidade pra banda.  É importante ceder esse espaço para os grupos musicais. Foi muito gratificante participar do evento, que é um dos maiores da região”.  O Trembier já se tornou tradição e integra o calendário de eventos cervejeiros oferecendo amplas atividades para os visitantes. Zakka enfatiza: “Hoje em dia se tornou algo cultural produzir cerveja, então tem quem quer apresentar e aqueles que querem aprender. Então o festival possibilita essa troca”.

 Com um cenário histórico e cercada de belezas naturais, Tiradentes atrai turistas do mundo inteiro, que com o festival podem apreciar a diversidade da cerveja artesanal. A carioca Daniele Freire, 35, comerciante, participa do Trembier pela segunda vez e comenta sobre o clima agradável da cidade: “A cidade é bem aconchegante e acolhedora. Longe das cidades mais modernizadas, onde tudo é caótico demais. Gosto muito de eventos desse estilo”. Outra novidade foi a mudança no local do evento que anteriormente acontecia no Largo das Forras para a Praça da Rodoviária, que possui uma maior área livre para a montagem do palco.   De acordo com o organizador e idealizador Luiz César Costa: “A cada ano percebo que o evento está melhorando , não só em questão de procura e visibilidade, como também de organização e estrutura. Esse ano, quase 54 cervejarias nos procuraram com o propósito de participar do evento, porém só as que trabalham legalmente são selecionadas para tal finalidade”.

  No período da tarde a arte foi levada ao público pela dupla Guilherme Avelino, 26,  e Talita Costa, 22, que executaram uma performance de malabarismo e equilibrismo. Ambos são de Petropólis-RJ e trabalham a arte de rua de forma alternativa e independente. Guilherme Avelino conta que a organização do evento cedeu o espaço para a realização do espetáculo. Segundo o artista: “Nossa apresentação é muito voltada para as crianças, porque mexe com  o lúdico. Mas é aberta a todas as idades. E como é um evento que começa na parte da tarde, acaba sendo pra família toda”.

 O festival segue até domingo com uma programação que contempla os amantes da música, e da cerveja. A cidade de Tiradentes também oferece outros atrativos para aqueles que são amantes do turismo e da história. Essa mistura entre música, cerveja e cultura promete agitar a cidade neste final de semana.    

Este slideshow necessita de JavaScript.

Texto/Van:Júlia Ribeiro, Leonardo Emerson, Thais Andressa
Colaboração: Rafaela Silva

 

Deixe uma resposta