Copa do Mundo aquece comércio são-joanense

O verde e amarelo já domina as vitrines da cidade. Cornetas, buzinas, camisas, canecas e bandeiras são alguns dos artigos mais procurados pelos torcedores.

 
Faltando menos de oitenta dias para o mundial, o comércio de São João del-Rei já se aquece com a venda de produtos. Ansiosos pelo cobiçado Hexa, torcedores já se equipam para torcer pela seleção Canarinho que, após longos 64 anos, volta a disputar o campeonato em terras Tupiniquins.
 
“Produtos oficiais da seleção estão sendo vendidos aos montes”, é o que afirma Viviane Benfenati, gerente de uma loja de artigos esportivos de São João del – Rei. O estabelecimento dispõe de diversos produtos oficiais, como camisetas, casacos da CBF e a bola oficial da Copa. “A Brazuca, que é a bola oficial, logo chega e já acaba. Hoje está até em falta na loja”, ressalta a gerente.
 
Outro produto que aumenta consideravelmente o volume de vendas neste período é o de televisores. Quem não consegue ir aos estádios, quer assistir aos jogos com amigos e familiares da melhor maneira possível. O mercado disponibiliza vários modelos. Os de LED e LCD em grandes polegadas, que transmitem uma imagem em alta qualidade, são os aparelhos mais cobiçados. As grandes redes de eletrodomésticos aproveitam o período para fazer promoções do produto. “Quem comprar agora, compra mais barato”, é o que diz Michel Paiva, vendedor de uma grande rede de lojas nacional.
 
Os produtos inspirados na copa também invadiram o comércio popular. As chamadas “Lojinhas de 1,99” estão abarrotas de produtos que remetem à seleção brasileira. Geraldo Carvalho, popularmente conhecido como Neném, é gerente de uma dessas lojas em São João, e diz que já vem se preparando desde a confirmação de que a Copa seria no Brasil. “Espero um crescimento nas vendas de cerca de 8% a 10% em relação a um período considerado normal”.
 
Luiz Gonzaga Cardoso, vice-presidente da Associação Comercial de São João del-Rei, afirma que a associação tem acompanhado a movimentação do comércio são joanense, juntamente com a infraestrutura da cidade. E ainda ressalta que “o comércio vai ficar aquecido. Será um período diferenciado dos demais. Teremos muita gente que, entre os jogos, fará turismo, virá conhecer as cidades históricas e, consequentemente, gastar”.
 
Os jogos da Copa do Mundo FIFA 2014 acontecem entre os dias 12 de junho e 13 de julho, em diversas capitais brasileiras. 

Texto: VAN/Iolanda Pedrosa
Foto: Iolanda Pedrosa

Deixe uma resposta