Skip to main content

Copa Internacional de Mountain Bike agita SJDR

Evento acontece na segunda semana de maio e a expectativa é receber mais de 800 atletas

O quarto ano de competições na cidade é decisivo para a classificação nas Olimpíadas de 2016. FOTO: Divulgação
O quarto ano de competições na cidade é decisivo para a classificação nas Olimpíadas de 2016. FOTO: Divulgação

Entre os dias 13 e 15 de maio, São João del-Rei sedia, pelo quarto ano consecutivo, a segunda etapa da Copa Internacional de Levorin de Mountain Bike (CIMBT Levorin). O evento acontece no Campus Tancredo Neves da Universidade Federal de São João del-Rei. São 25 categorias de competição, incluindo batalhas do cross country olímpico (XCO) e cross country elimator (XCE). Além disso, acontece a primeira edição da competição júnior feminina e masculina, dentro da categoria União Ciclística Internacional (UCI) junior series.

Segundo o organizador da Copa, Rogério Bernardes,  a etapa de São João del-Rei é muito relevante para a modalidade esportiva. “A etapa de São João é muito importante no cenário internacional por dois motivos: primeiro, porque é a última prova no continente a contar pontos para o ciclo olímpico do Rio 2016. Portanto, a última oportunidade para os atletas do mundo todo, principalmente brasileiros, somarem pontos e tentarem a vaga nos jogos. Outro motivo é a realização do ‘UCI junior series‘, que se destaca por ser uma etapa de copa do mundo para a categoria júnior. Com isso, os melhores do mundo já confirmaram presença em São João”, relata.  

Rogério afirma que o interesse por receber uma das etapas da Copa é antigo. “A cidade já havia sido analisada e aprovada com excelente infraestrutura para receber o evento.  O apoio da prefeitura, de diversas entidades, de empresários e da UFSJ foram fundamentais nesse processo. Além disso, a localização geográfica da cidade e o número de praticantes do mountain bike na região foram decisivos para a continuidade do projeto”, revela.

A CIMBT também é uma oportunidade para os atletas amadores competirem, acumularem pontos e conquistarem prêmios no mesmo nível dos profissionais. É o caso do advogado Rafael Henrique da Silva, que disputa na categoria Cadete (Copa dos Amadores), representando a equipe da cidade de Itutinga, Mamutes do Pedal.

Rafael conta que a existência de categorias amadoras em uma copa de nível internacional é fundamental para o sucesso e a difusão do esporte no Brasil. “Nem todas as pessoas tiveram a chance ou mesmo o talento natural para se tornarem atletas profissionais, porém, em todos nós, existe um espírito competitivo. A possibilidade de participar de uma prova como a CIMTB é uma oportunidade muito boa de colocarmos essa vontade na pista, ainda que não seja nossa atividade principal ou nosso trabalho”, relata.

Para o atleta amador,  a participação em competições é motivo para o treino constante e para buscar o melhor de si. Além disso, considera o ambiente do mountain bike  extremamente saudável e divertido. Rafael tem boas expectativas em relação à etapa na cidade histórica. “Apesar de correr em uma categoria muito forte, que é a Cadete, meus treinamentos estão dando bons resultados. Isso me faz crer que posso fazer uma boa prova, sem erros e andando no meu limite. Não crio expectativas quanto à colocação, porque toda prova de XCO é muito dinâmica, e tudo pode mudar em segundos. Espero fazer uma prova segura, andando bem próximo do meu máximo. A posição final será  fruto disso”, declara.

Já o empresário de Lavras Alysson Serra Lucas é competidor profissional. Nesta etapa, representa a equipe Focus XC Team Brasil, na categoria Super Elite, que soma pontos para o ranking da União Ciclística Internacional, podendo levar representantes para as Olimpíadas.  Alysson também acredita que uma competição como essa na região é de grande importância: “atletas locais ou amadores podem mostrar seu potencial, isso também aumenta o números de adeptos ao esporte, além de que Minas Gerais é o berço do MTB”, conta.

O empresário é um dos poucos atletas a representarem a região do Campo das Vertentes. Para ele, isso é um imenso prazer. “É bem gratificante e, ao mesmo tempo,  muita responsabilidade. São horas de treino, alimentação balanceada, descanso, tudo para buscar o melhor e representar a minha marca, minha cidade, fazendo o que mais gosto”, confessa.  Alysson tem boas expectativas para competição, principalmente por conhecer a pista. “Será o terceiro ano que participo da CIMTB na cidade; tenho um ótimo conhecimento da pista. É uma prova muito importante para o cenário nacional. Então, é chegar bem e fazer o melhor. São João del-Rei é uma região privilegiada com seus relevos e amantes do MTB. Tem tudo para ser um grande evento, como foram os anteriores”, conta.

 

RIO 2016

Isabela Lacerda e Raiza Goulão são as favoritas para os jogos olímpicos de 2016. Etapa de SJDR é decisiva.
Isabela Lacerda e Raiza Goulão são as favoritas para os jogos olímpicos de 2016. Etapa de SJDR é decisiva.

A CIMTB Levorin tem sido palco de grandes disputas pelos pontos da União Ciclística Internacional (UCI), mesmo ranking que classifica para os Jogos 2016. Em São João del-Rei, a luta será ainda maior. Como relata Rogério Bernardes,  “estamos neste processo em parceria com a Confederação Brasileira de Ciclismo, UCI e Federação Mineira de Ciclismo, para que as etapas da CIMTB Levorin gerem cada vez mais pontos no ranking mundial”.

Na etapa de São João del-Rei, existem favoritos para ocuparem as vagas nos jogos olímpicos. “O grande nome da atualidade é o brasileiro Henrique Avancini. Ele já está com a vaga garantida.  Outros nomes serão definidos na cidade, após a competição.  No masculino, temos Rubens Donizete e Ricardo Pschidt e, no feminino, temos a mineira Isabela Lacerda e a goiana Raiza Goulão”, informa Rogério.

No último dia de competições, a Tocha Olímpica passa por São João del-Rei. O atleta José Mauro Caputo, conhecido como Natureza, competidor no CIMBT na categoria masculina SUB 55, carregará a Tocha pelas ruas do município.

 

Inscrições

As inscrições para a quarta edição do CIMBT em São João del-Rei estão abertas até o dia 06 de maio, pelo link. “Qualquer pessoa pode se inscrever. Temos categoria para crianças a partir de 10 anos de idade até over 60. Além dessas categorias, há outras especiais para atender determinados grupos de bikers:  segurança pública para militares, policiais federais, estaduais e municipais, guardas penitenciários, delegados, etc., para desportistas, para atletas portadores de necessidades especiais e a recém-lançada peso-pesado (que está sendo um sucesso) para bikers acima de 95 quilos”, explica Rogério.

Vários eventos acontecem em decorrência da Copa. Mais informações no site da CIMTB. FOTO: Bruno Fernandes
Vários eventos acontecem em decorrência da Copa. Mais informações no site da CIMTB. FOTO: Bruno Fernandes

Há  premiações em medalhas para todas as categorias até o décimo lugar. Os atletas que ficarem até o quinto lugar recebem prêmios. Na categoria Super Elite, masculina e feminina, a premiação é em dinheiro.

A programação completa das competições está disponível no site do evento. No sábado, 14, acontece um passeio ciclístico a partir das 14h, saindo da loja Ophicina Bike Shop em direção ao CTan. Para participar, é necessário se inscrever na própria loja e doar um litro de leite.

TEXT/VAN: Amanda Rodrigues

Colaboração: Ana Luiza Pereira

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: