20171029_101521

Cruzeiro vence o Figueirense no mineiro sub-20

Com a derrota, o time são joanense dá adeus às chances de classificação para a final

 

A equipe do Cruzeiro venceu o Figueirense na manhã deste domingo, 29, no estádio Paulo Campos em São João del-Rei pela nona rodada do campeonato mineiro sub-20. A equipe são joanense precisava da vitória para continuar na briga pela classificação para a final da competição, com este resultado está definido que o confronto que definirá o vencedor do torneio será entre a equipe do Araxá e do Atlético.

O zagueiro da equipe celeste, Gustavo Rissi destacou a força do rival e os méritos do Cruzeiro em conseguir sair com a vitória fora de casa: “A gente trabalha pela vitória. Sabíamos do padrão do Figueirense, da qualidade da equipe, a gente sabe que é um time forte mas entramos concentrados, foi um jogo disputado, mas futebol é isso. Fomos competentes e graças a Deus saímos com a vitória.”

20171029_100558
Times batalham pela posse de boa em jogo de alto ritmo. – Foto/Van: Marcos Coelho

No primeiro tempo, os dois times entraram com bastante vontade. Embalados por uma torcida que compareceu em número expressivo e que marcou presença no estádio com seus instrumentos de percussão, os jogadores do Figueirense começaram buscando pressionar e encurtar os espaços de jogo do Cruzeiro. Ambos os times tentavam trocar passes rápidos quando tinham a bola, mas os nenhuma das equipes conseguia efetividade em passar pelo sistema defensivo do adversário. Durante todo o primeiro tempo, o cruzeirense Washigton se destacava, mas foi o atacante João Diogo quem inaugurou o placar aos 27 minutos no estádio Paulo Campos.

A segunda etapa foi marcada por um ritmo de jogo mais elevado. Ambos os times continuavam procurando ter a posse de bola, enquanto pressionavam os adversários. Dois jogadores chamaram a atenção pelo lado do Figueirense, o meia Michel e o goleiro Giovani, autor de defesas mirabolantes. Porém, nem a atuação consistente de Giovani foi o suficiente para neutralizar o ataque celeste, e de pênalti, após jogada de bola na mão, o lateral Paulo Henrique ampliou a vantagem do Cruzeiro. A equipe são joanense não se abalou e continuou tentando e aos 46 minutos o camisa 10, Michel, diminuiu o placar para o time da casa. Os últimos minutos foram de muita emoção para os torcedores de ambas as equipes, com o Figueirense circulando a área celeste e conseguiu algumas finalizações, mas que não foram convertidas. No último minuto, até o goleiro Giovani foi para área para tentar o empate.

20171029_100609
Jogo foi movimentado e exigiu muito do sistema defensivo de ambas as equipes. – Foto/Van: Marcos Coelho

Com atuação muito elogiada pelos torcedores, o zagueiro cruzeirense Patrick William destacou a superação em um jogo de fora de casa: “Foi um jogo bastante interessante, viemos aqui na casa deles e sabíamos que ia ser uma pressão muito grande. Teve também a dificuldade do campo, é um pouco menor do que o que estamos acostumados, mas a nossa equipe se saiu bem até, conseguimos trocar bem a bola e saímos com a vitória”

O técnico do Figueirense, Luiz Alberto de Sousa, fez um balanço da trajetória da equipe na competição  “A campanha foi muito boa. Claro que essa final seria o sonho da minha vida, mas sabíamos que seria um degrau muito difícil de subir. Mas isso que é o legal do futebol, Cruzeiro e Atlético os dois melhores times do Brasil com toda essa estrutura e conseguimos jogar de igual pra igual”

O Figueirense possui 13 pontos, 4 atrás do vice-líder Atlético, já o Cruzeiro tem 9 pontos, mas possui um jogo a menos. O líder do hexagonal final é o Araxá que possui 21 pontos. Todos os jogos da última rodada acontecerão simultaneamente, no sábado,4, às 15:00. A equipe de Belo Horizonte joga em casa contra o Villa Nova, já o time são joanense enfrenta o Atlético na Cidade do Galo.

 

Texto/VAN: Marcos Coelho
Fotos/VAN: Marcos Coelho

Deixe uma resposta