Dia do Idoso é aprovado no calendário municipal

Foi aprovado em 2º turno, pela Câmara Municipal de São João del Rei, o projeto de lei número 6678, que institui o Dia Municipal do Idoso, a ser celebrado em 1º de outubro. De acordo com a vereadora e autora do projeto Vera Lúcia Alfredo, que é também membro do Conselho do Idoso, a data vai ser marcada por diversas atividades, tendo como temas a prevenção a quedas de idosos, combate aos maus tratos, prevenção à dignidade da pessoa idosa e prevenção de doenças degenerativas e depressivas. Ela afima ainda que “será o dia para traçar metas de valorização da pessoa idosa”.

“A sociedade de consumo nos leva a isso. É plastica, maquiagem, cremes antirruga, todas essas coisas que querem maquiar o nosso envelhecimento. Temos que nos preparar para assumir a pele enrugada, os cabelos brancos e as nossas limitações. Nos preparar para a hora do esmolar, que é o momento de saber que a gente precisa de ajuda e não ter a vergonha de pedir. E a sociedade não só quer maquiar e esconder isso da gente, como também esta desvalorizando a pessoa idosa, pois devemos tratá-las com respeito”, considera Irmã Nair Cristina Rocha, Vice Provedora do Albergue Santo Antônio.

De acordo com dados de 2013 do IBGE, a expectativa de vida subiu de 74,1 anos (2011) para 74,6 anos (2012). Isso é reflexo da mudança de hábitos do idoso, que tem uma vida mais ativa, pratica atividades físicas, tem maiores opções de lazer e cuidados com a saúde.

Lilian Camarano Resende, psicóloga do Albergue Santo Antônio, questiona a segurança do idioso com relação às condições das ruas da cidade e a mobilidade desses indivíduos. A psicóloga aborda também os casos frequentes de maus tratos e, segundo ela, é preciso trabalhar com os grupos familiares, pois muitos não sabem e não estão preparados para lidar com as necessidades de pessoas de idade mais avançada. Para Lilian Resende, o projeto e as leis que garantem a melhora na qualidade de vida dos idosos será uma grande conquista quando colocados em prática no município.

O prefeito da cidade Helvécio Reis considera o projeto uma oportunidade de reflexão sobre a situação do idoso em São João del – Rei. Segundo Reis, “muitas das vezes, principalmente numa cidade histórica como a nossa, calçadas, ruas e o tipo de calçamento das ruas não ajuda muito as pessoas de mais idade, que têm dificuldade de se locomover nesses espaços”, e, acrescenta,  que “esse debate possa trazer inspiração para a Câmara ou para o Executivo na proposição de políticas públicas voltadas para melhor tratamento à pessoa de idade”.

Mesmo aprovado pela Câmara Municipal, a proposta ainda aguarda sanção do prefeito.

Texto: VAN/Déborah Vieira e Delcimar Ribeiro
Foto: Divulgação/Albergue Santo Antônio

Deixe uma resposta