21981832_10214258275509215_1037991199_o

Educomunicar para superar os problemas na educação

O evento proporcionará uma visão moderna de como conciliar ensino e os meios de comunicação

 

Professores e graduandos da Universidade Federal de São João del-Rei irão promover nos dias 27 e 28 de setembro, eventos que buscam estimular o senso crítico de alunos e educandos através da transmissão de conhecimento a partir do auxílio dos meios de comunicação, sejam eles tradicionais ou não. Na próxima quarta-feira, 27, o evento acontece no centro cultural da universidade, já na quinta-feira, as atividades serão ministradas no campus Dom Bosco e CTAN- Tancredo de Almeida Neves. Além do lançamento do livro “Transdisciplinaridade e extensão – Signos da educomunicação no Brasil”, serão realizadas oficinas e palestras, diálogos com professores e alunos da educação básica, divulgações de trabalhos, etc.

A tecnologia proporciona, cada vez mais, ferramentas importantíssimas que visam facilitar as mais variadas formas de trabalho as tornando mais práticas, rápidas e confortáveis. As novas mídias estão em todos os campos sociais, principalmente no setor educacional. O ritmo com que as tecnologias avançam e se modificam, muitas vezes não é acompanhado pelas escolas e pelos professores, dificultando as relações entre os discentes e os docentes. De acordo com pesquisas realizadas em 2014 pela TIC Educação, somente 2% dos professores utilizam tecnologia digital nas escolas, e que, dentro desses 2%, somente 29% utilizam de alguma forma, os computadores disponíveis para o desenvolvimento de práticas pedagógicas.   

Nesse sentido, surge o projeto “Educomunicação”, que procura reverter essa realidade, proporcionando o empoderamento dos alunos e professores no processo de ensino-aprendizagem a partir da conciliação entre as disciplinas e os meios digitais.   

Para Emerson Mendes, professor de história da rede estadual, a transdisciplinaridade e a educomunicação são peças essenciais no processo de aprendizagem. “Trabalhar de maneira interdisciplinar contribui muito. Os recursos midiáticos facilitam na compreensão do conhecimento deixando-o mais interessante e mais dentro da realidade do dia-a-dia do aluno.

De acordo com as ideias educomunicativas, os professores Filomena Bomfim, Maria José Andrade e Orlando José de Almeida Filho, organizaram o livro “Transdisciplinaridade e extensão: signos da educomunicação no Brasil”, que é composto por artigos e projetos de conclusão de curso de variados alunos de diferentes universidades.

O evento “Educomunicar para refletir e mobilizar” acontece no dia seguinte ao lançamento do livro, dia 28 de setembro, no qual serão abordadas questões propostas no exemplar, como a transdisciplinaridade e o trabalho com os meios de comunicação. Serão discutidas diversas temáticas, capazes de atingir os mais diferenciados públicos, indo desde uma oficina de “ Educomunicação e publicidade” até “Memes e redes sociais na internet…” .

Ao ser questionado sobre a importância de um evento com caráter educomunicativo, o estudante de filosofia, Augusto de Castro, que ministrará uma oficina relacionada a meditação afirma: “É somente quando colocamos as teorias em prática que isso se torna sabedoria. Esse projeto educomunicativo irá oferecer diversas ferramentas e ideias que podem despertar algum interesse nas pessoas.”  

Para Filomena Bomfim, o evento é um momento para celebrar o livro e celebrar a existência do grupo como fórum de transdisciplinaridade e como forma de encontro entre os cursos distintos em áreas de conhecimento. “O fato de um aluno da filosofia trabalhar com um aluno de teatro, enriquece a ambos, pois passam a procurar aquilo que tem em comum, e quando encontram esse elo, há um salto na capacidade dessas pessoas.”

 

Texto/VAN: Bárbara Morais e Rafaela Pelegrino
Imagem: Divulgação/Facebook

Deixe uma resposta