Skip to main content

Craques brasileiros opinam sobre a Copa do Mundo

Em passagem por São João del-Rei, profissionais da bola comentam sobre o mundial

Essa semana, em meio à Copa do Mundo, São João del-Rei recebeu diversas estrelas do mundo da bola. No gramado do Athletic, desfilaram craques como Euller (ex Palmeiras; Vasco e Seleção), Cláudio Caçapa (ex Lyon, da França; Atlético e Cruzeiro), Leandro Salino (atualmente no Olympiakos, da Grécia) e o técnico do Goiás Ricardo Drubscky. Além de realizarem partida beneficente, os astros dos gramados deram suas opiniões sobre o maior evento do futebol mundial.

Apelidado o “Filho do Vento” devido à sua velocidade em campo, Euller afirma que, apesar de todos os problemas, ele continuará na torcida pelo Brasil. “O torcedor desanimou um pouco devido a tantas notícias ruins. Isso foi um mal para a Copa, mas quando se trata da Seleção Brasileira, todos são unânimes em torcer a favor. A nossa torcida é para que o Brasil possa chegar e conquistar”. O atacante comentou também sobre uma possível eliminação. Segundo ele, “o brasileiro não vai aceitar outro resultado que não seja o título, ainda mais em casa”.

Outro que também já vestiu amarelinha, o ex-zagueiro Cláudio Caçapa avaliou a estreia da seleção. “Estreia é sempre complicado, mas [tendo] conseguido estrear ganhando de 3 a 1, mesmo com a polêmica em cima disso, o Brasil começou com o pé direito”. Com passagem pelo futebol francês, o agora treinador da seleção brasileira sub 15, ficará também na torcida pelos campeões de 98. “A seleção francesa tem um lugar no meu coração, até porque meu filho é francês. Sendo brasileiro, vou torcer pelo Brasil, mas fica um pouquinho de torcida pela França”, finalizou.     

Em um futebol menos badalado, mas que também está na copa, o brasileiro Leandro Salino, lateral do Olympiakos – maior time grego na atualidade -, torcerá pelos amigos de clube que estão na seleção da Grécia. “Tenho amigos lá, têm alguns jogadores da minha equipe e até conversei com eles desejando boa sorte. Depois do Brasil, estou torcendo por eles”, disse o atleta. Leandro está acostumado a grandes desafios. Jogando a Champions League, teve a dura missão de marcar duas estrelas da Copa do Mundo, Robin Van Persie (atacante da Holanda) e Wayne Rooney (meia-atacante da Inglaterra), ambos jogadores do Manchester United.

Em visita a São João del-Rei, o técnico do Goiás Ricardo Drubscky também compareceu ao campo do Athletic e não deixou de dar sua opinião sobre o mundial. “As equipes de primeira linha estão mostrando um jogo de muita competitividade e de muita qualidade tática, mas temos que esperar um pouquinho para ver o que estas seleções podem mostrar”. 

Acompanhado do são joanense Gilberto Goleiro, seu auxiliar técnico, o treinador esmeraldino avaliou a estreia da Seleção Brasileira. “Pra mim, está dentro da expectativa, ou seja, uma carga emocional muito grande. O jogo do Brasil ainda está preso, mas com muita qualidade. A equipe é muito bem treinada”, afirmou.

Texto: VAN/Diego Cabral e Cristiano Giovanni  
Foto: Divulgação/FIFA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: