Ao todo, 26 carros de boi estiveram presentes em 2015. A expectativa este ano é que esse número dobre.  FOTO/VAN: Thais Andressa

Encontro de Carros de Boi em Nazareno resgata tradição

Evento recupera a história e movimenta a cidade

Ao todo, 26 carros de boi estiveram presentes em 2015. A expectativa este ano é que esse número dobre.  FOTO/VAN: Thais Andressa
Ao todo, 26 carros de boi estiveram presentes em 2015. A expectativa este ano é que esse número dobre. FOTO/VAN: Thais Andressa

A cidade de Nazareno, situada a 48 km de São João del-Rei, será cenário do 2° Encontro de Carros de Boi. O evento, que acontece entre os dias 27 e 28 de agosto, atrai carreiros e admiradores de toda a região.

As estradas de terra deram lugar ao asfalto, e a tradição do carro de boi foi ficando ultrapassada.“Considero o encontro interessante, porque uma tradição está sendo recuperada. Antigamente, com os carros de boi, os homens sustentavam a família, carregando areia, lenhas, tijolos para vender na cidade. Espero que este ano haja mais participantes para manter essa cultura viva”, declara a nazarenense Isadora Ferreira.

Carreiros de toda a região participaram do Evento em 2015. FOTO/VAN: Thais Andressa
Carreiros de toda a região participaram do Evento em 2015. FOTO/VAN: Thais Andressa

De acordo com a secretária de cultura Betânia Oliveira, em 2015, 26 carros participaram do evento. Neste ano, a expectativa é que esse número dobre. Lavras, São Sebastião da Vitória, São Tiago, Passatempo, Conceição da Barra de Minas, Itutinga e Macuco já confirmaram presença. Uma novidade nesta edição do encontro é a celebração da Santa Missa em frente ao Santuário de Nossa Senhora de Nazaré.

A programação do evento conta com o Forró de Encerramento da Colheita do Café e show com o cantor Zé Vigilato, no sábado, 27, na praça José Rocha. No domingo, 28, a concentração do cortejo começa às 10h, no Parque de Exposição José Vespasiano de Abreu. Os carros de boi desfilam pelas principais ruas da cidade. “A ideia é valorizar o homem do campo. Haverá café da manhã e, após o desfile, o almoço”,  enfatiza Betânia Oliveira.

TEXTO/VAN: Thais Andressa

Deixe uma resposta