Encontro Hannah Arendt reúne pesquisadores brasileiros e estrangeiros em SJDR

Teve início em São João del-Rei o Vlll Encontro Internacional Hannah Arendt: Pensamento, Revolução e Poder. O evento, que ocorre nos dias 7,8 e 9 de maio no Campus Sto. Antônio da UFSJ, reúne vários professores, doutores, mestrandos e graduandos para discussões políticas e éticas da obra de Arendt.
Esse encontro científico é itinerante e teve sua primeira edição em 2006, na Universidade UNIJUÍ, em Ijuí (RS) e URI, em São Luiz Gonzaga (RS). Foram realizadas outras edições em cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Ceará, e esse ano, pela primeira vez em Minas Gerais. Sua proposta é possibilitar a reflexão sobre a fundação de um mundo comum, pautado pela busca de significado nas ações humanas, que aparece como uma antítese à ameaça de regimes totalitários dentro das obras de Hannah Arendt.
A temática desse ano foi selecionada por se tratar de três dos temas mais frequentemente abordados por Arendt. “Esse nome foi como uma ‘pegada’ para o negócio, porque toda a obra dela, querendo ou não, vai para esses temas gerais”, é o que afirma Camila de Paula, monitora do evento e estudante de filosofia.
“A proposta é sempre ir dando sequência aos eventos anteriores. Estes são mais ou menos no mesmo nível de apresentações, é sempre de mestrando para cima. Não tem proposto, não tem uma abertura para graduando apresentar, pois é um evento fechado”,  pontua o estudante Caio Penha, do curso de filosofia da UFSJ.
A forma diferenciada como Hannah Arendt identifica a política e a liberdade é o principal fator que desperta o interesse e a curiosidade sobre a sua obra, e o que a faz ser considerada uma das mais importantes pensadoras do contemporaneidade. Segundo o estudante Bruno Monteiro, “através do conceito que ela defende e define da política, podemos ter maior noção de como trabalhar o conceito da politica na contemporaneidade e administrar isso para conseguir atingir melhores condições de vida para a população e melhorias na dinâmica da sociedade”.
O Encontro acontece até hoje (9), no anfiteatro do campus St. Antônio,  das 9h às 12h, das 14h  às 18h e das 19h às 22h.
Texto: VAN/Maria Catarina Carvalho, Delcimar Ribeiro e Déborah
Vireira

Foto: Maria Catarina Carvalho

Deixe uma resposta