Música, teatro e dança fizeram parte das apresentações. FOTO/VAN: Ícaro Chaves

Comemoração une escolas e resgata cultura brasileira

Escola Estadual Tomé Portes Del Rei realiza Chá Cultural em homenageamos folclore brasileiro

A Escola Estadual Tomé Portes Del Rei realizou um Chá Cultural, na tarde de quinta-feira (25). O evento contou com apresentações temáticas dos estudantes e também com a participação da Pré-Escola Municipal Professor Elpídio Ramalho.

Música, teatro e dança fizeram parte das apresentações. FOTO/VAN: Ícaro Chaves
Música, teatro e dança fizeram parte das apresentações. FOTO/VAN: Ícaro Chaves

Em comemoração ao Dia do Folclore, a cerimônia ocorre anualmente e recebe também os pais e membros da comunidade como convidados. Para Elaine Ribeiro, mãe de um dos alunos, a comemoração da data é muito importante. “Antigamente, a gente vivia muito isso nas escolas e hoje acho que está acabando”, ressalta.

A supervisora da Escola Elpídio Ramalho, Eleny Pereira, destaca a importância da parceria entre as instituições para a formação das crianças e salienta que pretende mantê-la nos próximos anos e eventos. “Nós trabalhamos, resgatamos a questão do folclore e, como eles também fazem isso no Tomé, acho que essa integração é fundamental”, afirma. Além disso, muitos alunos do Pré-Escolar são encaminhados para a Tomé Portes para iniciar o ensino fundamental, portanto tal aproximação colabora com o desenvolvimento social e pedagógico dos estudantes.

Evento teve participação da E.M Professor Elpídio Ramalho. FOTO/VAN: Ícaro Chaves
Evento teve participação da E.M Professor Elpídio Ramalho. FOTO/VAN: Ícaro Chaves

Além do lanche oferecido para as crianças no início das festividades, apresentações musicais e teatrais feitas pelos alunos de ambas as escolas, com canções e histórias pertencentes ao conjunto cultural folclórico, animaram o encontro.

De acordo com o diretor da Tomé Portes, Diorge Silva, o evento, que tem quinze dias de preparação, é um fechamento dos trabalhos sobre o folclore brasileiro, que são  desenvolvidos pelos professores. “Precisamos trazer para os nossos alunos a realidade, as nossas lendas, o folclore do nosso país”, resgatou.

A cerimônia deve continuar ocorrendo nos próximos anos, além de outros eventos que são realizados pela escola.

 

TEXTO/VAN: Ícaro Chaves

Deixe uma resposta