Evento homenageia dorense ausente

Foi realizado, dos dias 05 à 07 de setembro, o tradicional Dorense Ausente. O evento, que anualmente coincide com o feriado da Independência e a festa de Nossa Senhora das Dores (padroeira da cidade), contou com diversas apresentações. Aconteceram shows, manifestações culturais, além da marcha do Sete de Setembro, com a participação do pelotão do Exército Brasileiro.

A banda Haully, natural de Dores de Campos, foi uma das bandas que se apresentaram na festa. Com quatro anos de existência, a banda nasceu de uma ideia de um grupo de amigos que faziam aulas de violão juntos. Eles já se apresentaram na edição de 2011 e afirmam que “é sempre bom participar de eventos, ainda mais quando eles ocorrem na nossa cidade”. O grupo agradece ao público que, apesar do frio, prestigiou a apresentação da banda.

Cleuza, que é esposa de Guedinho, vocalista da banda Fax, que também se apresentou no evento, afirma que a qualidade da festa continua a mesma em relação aos outros anos e que a tem agradado.
Os dorenses que não moram mais na cidade são os homenageados do encontro. Muitos deles saem da cidade em busca de outras oportunidades de emprego. Como exemplo desses dorenses, pode-se citar Evandro Vale, que também saiu da cidade em busca do seu sonho. Ele é ator profissional, reconhecido pelo SATEDS (sindicatos dos artistas); já realizou apresentações na cidade e região, inclusive na FAIDEC – Feira de Artesanato e Indústria de Dores de Campos – mas as oportunidades o levaram para a cidade grande. Já participou do filme Chico Xavier, fez pequenas participações em Amor à Vida e recentemente contracenou com José Mayer, em Império. Mas sua ligação com o município continua, mesmo com a distância. Evandro Vale realizará o espetáculo “Cabaré du Moulin Rouge”, na cidade vizinha de Barroso, no dia 8 de outubro, às 23h, na Bahall Show House.
           
Segundo o vice-prefeito, Itamar, o evento é importante para homenagear esses dorenses que, mesmo morando em outros locais, retornam nessa data para comemorar com os familiares. O fato de o Dorense Ausente ser realizado durante um feriado, facilita essa reunião das famílias. O evento acontece há seis anos e já é tradição no município.

Texto: VAN/Aléxia Pinheiro
Foto: Aléxia Pinheiro

Deixe uma resposta