Leandro Rocha lança seu primeiro livro no último dia do FELIT. / FOTO: Victor Zanola/VAN

Lançamentos de livros e show marcam o último dia do Felit

Com três dias de duração a 10° edição do evento chegou a seu  fim na noite de sábado

A terceira e última noite do felit, (26), foi marcada pelo lançamento de dois livros e show de encerramento. Na Taberna D’Omar, às 18h30 foi lançado o livro de Leandro Rocha, “O quarto encantado”. Já no Centro Cultural Feminino, às 20h, foi lançado o livro “Na dança da Vida” da escritora Luiza Teixeira Carvalho, seguido da apresentação musical da cantora Lucinha Branca.

Cenas do 10º Felit/ FOTO: Acervo Facebook FELIT São João del-Rei
Cenas do 10º Felit/ FOTO: Acervo Facebook FELIT São João del-Rei

A contadora de histórias Ana Paula Ferreira de Medeiros da Silva, participou do Felit pela terceira vez e contribui para o evento com contações de histórias baseadas nas obras de Ignácio de Loyola Brandão, homenageado deste ano. Ela elogia 10° a edição do evento, porém  ressalta que gostaria que o evento fosse maior tanto na duração quanto no envolvimento da sociedade. Ana destaca o momento da entrega do livro que os alunos das escolas de São João escreveram. “Acho lindo eles pegando o livro, cheirando o livro, dando autógrafo isso tudo é um momento legal, gosto de ver as carinhas deles”, conta.

Outra parte do evento que a contadora de histórias faz questão de destacar e a participação do autor Loyola. Ana ressalta a simplicidade e simpatia do autor que pode ser percebida na mesa redonda que ocorreu no dia 25. Enaltece os trabalhos belíssimos criados por ele, não só por possuírem a capacidade de gerar uma reflexão sobre nós mesmos por meio do texto, mas  também por serem obras  que se aproximam mais e até inspiram o público jovem.

 

O quarto encantado

O ator, fonoaudiólogo e agora autor, Leandro Rocha, classifica sua participação no Felit como muito satisfatória, na qual o público interagiu muito bem. Com ótimos locais onde aconteceram os lançamentos e as mesas redondas, o festival foi um sucesso, porém ainda teve dificuldades em atrair pessoas. “O Felit este ano veio com um formato menor, mais intimista. As pessoas têm comprado a ideia de uma relação com os autores bem mais próxima do que em outros anos”, analisa.

Leandro Rocha lança seu primeiro livro no último dia do FELIT. / FOTO: Victor Zanola/VAN
Leandro Rocha lança seu primeiro livro no último dia do FELIT. / FOTO: Victor Zanola/VAN

Por ter uma relação muito grande com as palavras desde criança, Leandro resolveu mesclar suas outras profissões com a escrita do livro. “O quarto encantado” traz a história de um menino solitário, que mora com o pai, e trava uma relação com seu quarto, na qual coloca nele suas fantasias e seus fantasmas, “direcionei a história de uma forma que tanto a criança quanto o adulto, que ler o livro, possa se ver dentro desse quarto”. O autor destaca ainda que São João del-Rei tem evoluído com relação à literatura, e tem melhorado as oportunidades dadas aos escritores da cidade, porém ainda falta valorizar um pouco mais os seus bons escritores.

Para o professor Ageu Quintino Mazilão Filho, morador de São João há 11 anos, o Felit termina com uma imagem muito positiva, já que mesmo o país estando em crise os organizadores conseguiram manter a qualidade do festival. “Só faltou aumentar a quantidade de eventos, lançamentos e autores convidados”, diz o rapaz. Mazilão foi aluno de Leandro Rocha em um de seus cursos de oratória e hoje é leitor do ex professor. Ele ainda destacou a participação dos comerciantes locais tanto na divulgação, produção quanto em estar cedendo espaço para os eventos serem feitos.

 

Na Dança da Vida

No centro cultural Luiza Texeira Carvalho lança seu novo livro e abre caminho para o fim da X edição do FELIT. / FOTO: Victor Zanola/VAN
No centro cultural Luiza Texeira Carvalho lança seu novo livro e abre caminho para o fim da X edição do FELIT. / FOTO: Victor Zanola/VAN

Às 20h no Centro Cultural Feminino ocorreu o lançamento do livro “Na Dança da Vida”, uma que obra conta com poemas, textos e pinturas que criadas pela educadora e psicóloga Luiza Texeira Carvalho. Dividido em 5 partes: Os caminhos, os desejos, os encontros, os desencontros e os aprendizados o livros é extremamente romântico e como a própria autora diz é um livro que trata do amor o tempo inteiro.

Luiza conta que sempre se sentiu atraída pela poesia e que enxerga na escrita uma oportunidade não apenas de expressar o interior, mas também como um veículo que permitem às pessoas sentirem a si mesmas e aos outros. A autora relata a emoção de estar lançando o livro na 10° edição do Felit e não deixa de ressaltar a contribuição da família que sempre a incentivou a escrever a escrever. Sobre o evento ela destaca a participação do autor Ignácio de Loyola Brandão e a energia do público.

Após os lançamentos, o encerramento do Felit foi marcado com o show da cantora Lucinha Branca, no Centro Cultural Feminino.

 

TEXTO/VAN: Victor Zanola e Scarlet Freitas

Deixe uma resposta