Festa de Nossa Senhora de Nazaré atrai milhares de fiéis

Em 2014, Nazareno comemora os 150 anos do Jubileu Perpétuo

“Nesse ano, estamos com muita expectativa para a celebração da festa da padroeira, porque se trata dos 150 anos do Jubileu”. Essa é a declaração do pároco local, Padre Rondineli Cristino, a respeito das homenagens a Nossa Senhora de Nazaré, que vão ocorrer entre os dias 30 de agosto a 10 de setembro, na cidade de Nazareno, em Minas Gerais.

No dia 29 de agosto, ocorrerá a cerimônia de lançamento do Selo Comemorativo dos 150 anos do Jubileu Perpétuo de Nossa Senhora de Nazaré, pela Agência dos Correios, no Santuário. Em seguida, haverá apresentação do concerto da Banda Sinfônica de Matosinhos, de São João del-Rei. No dia 07 de setembro, vai acontecer o descerramento da placa comemorativa dos 150 anos, seguido de show com a Banda Católica Filhos do Céu, também de São João del-Rei.

A Novena Preparatória da festa se inicia no dia 30 de agosto, tendo acompanhamento da Orquestra e Coro de Nossa Senhora de Nazaré. Para Pablo Nascimento, 14 anos, que participa do evento, “são momentos que sempre ficaram na minha mente! A cada ano é uma emoção maior. Me sinto muito feliz por poder participar dos momentos que vivo durante a festa em honra a Nossa Senhora”, declara.

Instituído em 19 de fevereiro de 1864, pelo então bispo da época, Dom Antônio Viçoso, o jubileu atrai milhares de fiéis que seguem as orientações da Igreja. Aquele que visitar o Santuário em um dos três dias, 7, 8 ou 9 de setembro, confessando, comungando e rezando na intenção da Igreja e do Santo Padre, recebe as graças e indulgências plenárias. Muitos dos filhos ausentes retornam a Nazareno para, além de rever familiares e amigos, participar desse encontro de oração.

A palavra jubileu quer dizer grande festa e sua descrição é encontrada nas Sagradas Escrituras. É considerado um tempo de encontrar o perdão diante das contendas e de renovação do compromisso diante de Deus. Antigamente era vivido como um tempo de perdão das dívidas.

Diante da peça  produzida artesanalmente pelo escultor Benedito Eduardo de Carvalho – uma imagem semelhante à  primitiva de Nossa Senhora de Nazaré -o músico Wanderlei Geraldo frisa a importância da réplica ao afirmar que “ela mostra toda beleza que Nazareno produz em todas as áreas”.

Devotos e Visitantes 

Além de toda a programação religiosa, existe, para os devotos, no anexo à Igreja de Nossa Senhora de Nazaré, a sala de ex-votos, ou como também é conhecida, a Sala dos Milagres. Os romeiros, ao fazerem os pedidos, fazem também uma promessa. Após o recebimento da graça, vêm agradecer e cumprir o prometido, depositando na sala o voto feito; por isso deixam fotos e símbolos que destaquem qual foi a graça alcançada, tais como muletas e restos de gessos.
Já para os visitantes, por se tratar de uma festa já consagrada que atrai peregrinos de vários lugares, as quermesses foram sendo formadas desde os primórdios da festa, com o intuito de suprir as necessidades dos romeiros. Atualmente, o aglomerado de barracas aumentou, ocupando as ruas principais do centro da cidade.

Texto: VAN/Thaís Andressa
Foto: Thaís Andressa

Deixe uma resposta