Festa e tradição no Jubileu de Santa Rita de Cássia

     Ritápolis está em festa. Com o início do Jubileu de Santa Rita de Cássia a cidade já recebe fiéis de toda a região para as celebrações de missas e novenas, contando também com a visita da réplica da Cruz da Jornada Mundial da Juventude. “A visita da cruz faz com que os jovens tenham uma maior proximidade com os acontecimentos religiosos, pois a modernidade faz com que esses jovens se afastem de Deus”, diz a devota de Santa Rita, Marianna Cássia Santos, de Belo Horizonte. A festa em honra a Santa Rita de Cássia é uma tradição de Ritápolis que a cada ano reúne mais católicos.
      O crescente número de romeiros pode ser observado pelo número de ônibus com placas das mais variadas cidades, que lotam as ruas de Ritápolis. Um grande número de fiéis também acompanha a novena, que neste ano está sendo transmitida pela Rádio Sol FM de São João del-Rei.
      Nesta terça, 22, ocorre a procissão iluminada, que percorre toda a cidade pelas ruas enfeitadas pelos moradores. A data, considerada o dia maior da festa, é marcada por diversas missas e pagamentos de promessas. A celebração das 10h30 contará com a participação da Orquestra Lira Sanjoanense. Acompanhando a procissão estarão a Banda de Música Santa Cecília de Ritápolis e a Banda de Música Lira do Oriente, do distrito de Rio das Mortes.
     A cidade se alegra e se prepara para receber os barraqueiros e os fiéis turistas. A realização da grande festa conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Ritápolis e com a colaboração de muitos voluntários que sempre buscam novidades para o evento. Todos reunidos para a elaboração daquela que é considerada a tradição de maior importância de Ritápolis.
      Reportagem: Rhafaela Resende.
      Foto: Maryella Resende.

Para copiar e reproduzir qualquer conteúdo da VAN, envie um e-mail para vanufsj@gmail.com, solicitando a reportagem desejada. É simples e gratuito.

Deixe uma resposta