Skip to main content

Festival de Fotografia acontece em Lavras

“A fotografia nos dias de hoje é fundamental na comunicação, é a linguagem com uma potência de comunicação enorme, principalmente por atingir o inconsciente, o subjetivo e as camadas interiores da memória”, pontua Tibério França (54) sobre a mostra de fotografia que movimentou o fim de Semana em Lavras. Nos dias 11 a 13 de abril, foi realizada a 3ª edição do Abril para Fotos – Mostra de Fotografia e Artes Transversais. 

O evento contou com oficinas, exposições e apresentação musical. Vladimira Cabanova (31) é uma das organizadoras e conta que “a proposta do evento foi dividida em três partes: uma é a exposição do trabalho dos fotógrafos, aqui de Lavras e Minas Gerais; a segunda são as oficinas, todas de fotografia; e a última são as palestras, que  acontecem à noite”.

Segundo Cabanova, o objetivo das palestras é contar sobre a origem da fotografia e os diversos tipos e modos de fotografar, além de falar sobre a produção de um fotógrafo e o seu cotidiano.
Tibério França discorreu sobre Os caminhos e horizontes da produção autoral,  afirmando que a proposta de sua palestra era “trazer uma discussão sobre conceitos de autoria, de autor e de fotografia na contemporaneidade”.

A oficina de Alexandre Lopes (48) – que leciona a disciplina de fotografia há quinze anos – tinha como objetivo apresentar aos alunos uma proposta diferenciada de fazer retratos, uma maneira clássica de registrar um ser humano. “Nós trabalhamos com um equipamento analógico, com material fotoquímico e é uma oportunidade para essa nova geração conhecer essa maneira de gerar uma imagem”, e finaliza que “é uma alegria participar do Abril para Fotos desde a primeira edição, com essa turma bacana que promove o evento”.

A lavrense Júlia Kneipp (16) também participou da mostra e afirmou que ela dá “oportunidade à comunidade de conhecer mais sobre a fotografia”. Ela ressalta que a importância do evento para Lavras é a abertura de “novos horizontes, não só para a fotografia, mas para a música também, por exemplo”.

Texto: VAN/Ricardo Peres

Foto: Ricardo Peres

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: