Festival de Gastronomia movimenta Tiradentes

Está acontecendo em Tiradentes (MG), o 16º Festival Cultura e Gastronomia que, este ano, tem como tema a “busca por novos sabores”. Mais de 40 restaurantes participam dessa edição do evento. Renomados chefs do Brasil e do exterior apresentam seus pratos nesse, que é um dos maiores eventos gastronômicos do país. 

Apresentações de teatro e música acontecem simultaneamente ao evento em toda cidade. O grupo teatral são-joanense, ManiCômicos, se apresenta de sexta a domingo, levando aos espectadores toda a irreverência do teatro de rua. Jazz e blues também fazem parte das atrações musicais do evento. 

Segundo Amélia Cruz, artesã, durante o Festival as vendas tem um aumento significativo e há mais de 15 anos ela trabalha paralelamente ao evento.   

Na culinária, oito principais restaurantes se destacam. São duas áreas reservadas para estes, o Largo do Chef – com quatro restaurantes belo-horizontinos – e o Largo das Forras – com quatro restaurantes da própria Tiradentes –, onde os participantes do evento podem experimentar os mais diversos sabores da gastronomia. 

A espectadora carioca Rosa Xavier diz que participa praticamente todos os anos do Festival e que gosta muito. “O Festival tem clima gostoso, de novidade. São experimentados novos saberes e texturas. Gosto dessa nova experiência gastronômica”, declara.

Entre os pratos principais, destacam-se a pescada amarela, creme leve de baroa, beterrabas secas e azeite de carvão, do tiradentino Angatu e a polenta com molho de gorgonzola e funghi da Cantina Piacenza, de Belo Horizonte. 

Mecias Meneses, de Belo Horizonte, relatou que achou o Festival desse ano um pouco mais vazio, mas gostou das novidades, como a disposição dos espaços que está mais democrática, segundo ele. “Aprovei a paella que comi no Largo do Chef”, ressalta. 

O Festival acontece até 1º de setembro e vai destacar no próximo fim de semana à gastronomia latino-americana, com a presença de chefs da Argentina, Equador, México e Colômbia. O Fórum SENAC Gastronomia e Cultura acontece no Largo das Forras, gratuitamente, mas tem vagas limitadas. Já os festins, acontecem nas pousadas participantes do evento e devem ser reservados com antecedência. 

VAN/ Bruno Marques; Isabela Mesquita
Foto: Maria Clara Lauar

Deixe uma resposta