Festival Happy Hour promove roteiro gastronômico e cultural em São João e região

Competições de petiscos
e pratos, música, fotografia, literatura, descontração e boas histórias. Com
essa proposta, o Festival de Cultura e Gastronomia Happy Hour, irá movimentar o
Campo das Vertentes durante janeiro de 2013. O evento, realizado pela Inovità,
promove uma série de atividades, que têm a finalidade de estimular o turismo, a
profissionalização, a economia e as artes da região.
O roteiro gastronômico
do Happy Hour incentiva os bares e restaurantes a ousarem na criatividade de
sua culinária e ressalta as particularidades dos cozinheiros. O lado cultural
do festival organiza concursos para divulgar músicos, fotógrafos, caricaturistas,
contadores de história e poetas locais.
Segundo o diretor geral
do evento, Adriano Margotti, a intenção é aumentar o fluxo de clientes nos
estabelecimentos, agregando atrações que atraiam maior público. “A cultura de
São João e das cidades vizinhas é muito rica. Trabalhamos com essas
especificidades para tornar os bares e restaurantes mais completos ao atender e
entreter seus consumidores”, explica.
O gerente da Associação
Comercial e Industrial de São João del-Rei (ACI del-Rei), Dayvison Costa,
aposta no sucesso do festival. “Há muito tempo, a região demandava a iniciativa
de um festival desse aspecto. Pretendemos tornar o potencial gastronômico da
cidade mais difundido em nível nacional”.
Gastronomia
O concurso gastronômico do Festival Happy Hour explora
a qualidade dos bares e restaurantes participantes.Para isso, serão avaliados tira-gosto
com ingredientes selecionados pela organização do festival; tira-gosto típico
do estabelecimento; temperatura da cerveja;além de atendimento e limpeza.
Cultura
Os concursos culturais do Festival Happy Hour
destacam os artistas da região e buscam atrair maior fluxo de clientes para os
estabelecimentos. Entre as modalidades, os interessados podem se inscrever em
Voz e Violão; Histórias de Bar; Frases Engraçadas; Poesia com tema “Boemia”, Fotografia e Charge.
Festival integra sete cidades da região
das Vertentes

São João del-Rei,
Tiradentes, Ritápolis, Prados, Resende Costa, Dores de Campo, Barroso. Esses
são os municípios que terão estabelecimentos participantes do Festival de
Cultura e Gastronomia Happy Hour. A programação irá criar roteiros de visitação
e distribuir as atrações artísticas pelos bares e restaurantes durante o mês de
janeiro de 2013.
São João del-Rei será o
polo do evento, com 20 estabelecimentos cadastrados. A cidade tem história
marcada pela exploração aurífera de Minas Gerais e foi importante centro
político e econômico do estado. Local de muitas lendas, personagens memoráveis
e instituições centenárias que se mantêm fortes até os dias atuais, São João
foi escolhida Capital Brasileira da Cultura de 2007.
Tiradentes se destaca
pela efervescência cultural, pela cadeia de restaurantes, pousadas e hotéis e
pela serra de São José. Sede de eventos com abrangência internacional, como o
Festival de Gastronomia, a Mostra de Cinema e o Festival Artes Vertentes, a
cidade é conhecida pela riqueza gastronômica e por seu cenário cinematográfico.
Ritápolis é a terra de
nascimento e batismo de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. A Fazenda
do Pombal, considerada patrimônio histórico nacional, foi disputada entre os
municípios de São João del-Rei e São José del-Rei (atual Tiradentes). O local
tem belos ribeirões e cachoeiras e vive, sobretudo, da agropecuária e da
produção de laticínios.
Prados tem 8.395
habitantes e é reconhecida pelas festas religiosas e pela preservação do
casario colonial. Além disso, o distrito Vitoriano Veloso, conhecido como
Bichinho, oferece aos turistas muitas opções em artesanato e iguarias.
Resende Costa concentra
grande quantidade de produtores de artesanato. Dentre eles, sobressai a
qualidade e a distinção do tear: almofadas, tapetes, colchas, mantas para sofá,
toalha de mesa, jogos americanos e cortinas são vendidos em lojas de todo o
Brasil. O município ainda possui belo conjunto arquitetônico e cachoeiras.
Dores de Campo fica a
40 quilômetros de São João del-Rei. É uma pequena cidade que se especializa em
artefatos de couro, com várias selarias e produção de selas, arreios, barrigueiras,
baxeiros entre outros. As selarias estão espalhadas pelo município e empregam
boa parte da população.
Barroso é uma cidade
que vem crescendo impulsionada pela indústria de cimento o que atrai pessoas de
diversas áreas em busca de oportunidades de emprego. O município também ostenta
várias iguarias gastronômicas como o delicioso “Chico Paio”, um caldo
de feijão branco, com frango, bacon e linguiça calabresa.
Release (Assessoria de Imprensa: Marcelo Alves).
Fotos: Íris Marinelli.
Para copiar e reproduzir qualquer conteúdo da VAN, envie um e-mail para vanufsj@gmail.com, solicitando a reportagem desejada. É simples e gratuito.

Deixe uma resposta