Skip to main content
Equipe são-joanense perdeu em casa no jogo de ontem

Figueira tropeça em casa na Segundona

Clube do Bom Pastor perdeu de 2×1 pela 3ª rodada da Segunda Divisão do Mineiro

Equipe são-joanense perdeu em casa no jogo de ontem
Equipe são-joanense não apresentou um bom futebol e perdeu pela Segundona 

 

O que era para ser a noite que colocaria o Figueirense na liderança do grupo B acabou marcando a primeira derrota do time na Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. O Tigre não jogou bem ontem e acabou surpreendido em casa (Estádio Paulo Campos) pelo Betinense por 2 a 1.

Em um primeiro tempo abaixo do esperado, o Figueira foi para o intervalo atrás no placar. Com muitos lances pegados, o árbitro teve trabalho e expulsou três jogadores, Arílson e Adriano pelo Alvinegro, e Matheus do clube de Betim.

“Simplesmente pagamos pelo primeiro tempo horrível que fizemos. Primeiro tempo não fizemos nada, não entramos em campo, eles tiveram força para abrir a vantagem e não conseguimos recuperar. Estão de parabéns é uma boa equipe, equipe de velocidade”, lamentou o treinador do Figueirense Luis Henrique.

Mesmo com a casa cheia, a equipe do Bom Pastor não conseguiu impor seu ritmo de jogo. Logo aos 8 minutos, após ultrapassagem do lateral, Renan apareceu sozinho e só teve o trabalho de empurrar a bola para o gol vazio. O que era ruim, piorou no segundo tempo. Matheus, que havia acabado de entrar, dominou tirando dois zagueiros e bateu consciente no canto esquerdo do seguro goleiro Jeferson. Fábio Mineiro descontou após belo cruzamento de Linhares, mas ficou nisso a reação da equipe do Bom Pastor.

Um dos protagonistas do jogo, o camisa 17, Mateus, autor do gol, exaltou os ânimos dos torcedores alvinegros. Após ser expulso, jogou água em direção ao banco de reservas e aos torcedores do Figueira. A PM teve que intervir para que nada de mais sério acontecesse

“Errou, mas é um menino novo. Está sobressaindo no futebol e vai aprender muito. Ele entrou e decidiu o jogo para nós, é um excelente jogador e caiu na pilha do jogo. Está apenas começando”, amenizou o treinador do Betinense Elias Moisés.

O dirigente/jogador Fábio Mineiro, mesmo sem fazer a preparação apropriada acabou sendo o responsável pelo gol magrinho do Figueirense. Segundo o atacante, é sempre bom fazer gols, mas ficaria mais feliz se viessem os três pontos. O seu companheiro de ataque Capixaba continua devendo e não balançou as redes nenhuma vez na competição.

TRAJETÓRIA

O Figueira começou sua jornada com um empate em 0 a 0 com o Democrata de Sete Lagoas, em casa. Na sequência também conquistou um ponto após 1 a 1 fora de casa contra o Formiga. Na próxima partida, o Tigre enfrenta o Arsenal, às 16h do dia 15 de agosto, na Arena do Jacaré, precisando dos três pontos.

TEXTO/VAN: Diego Cabral

FOTO: Vágner Tolendato

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: