Final da Copa de Mountain Bike lota CTAN

CIMTB encerra a 2ª etapa em São João del-Rei com Avancini e Gramiscelli como campeões dessa fase

Largada da Elite na última prova da Copa Internacional no Campus da UFSJ

A Copa Internacional de Mountain Bike teve seu encerramento neste domingo, no Campus Tancredo de Almeida Neves (CTAN).  Segundo estimativas da organização, o evento movimentou cerca de R$1 milhão com turismo, serviços e negócios. O prefeito Helvécio Reis destaca que essa “é uma atividade importante e São João resgata com isso a sua posição de liderança na região”. Para o próximo ano, Reis revela interesse em que o percurso “passe também pelo centro histórico, [pois] é uma ótima forma de atrair ainda mais turistas para a cidade”, conclui.

Nessa edição, os ciclistas foram à pista pela categoria Cross Country Olímpico (XCO). Porém os resultados na elite não foram diferentes e os ciclistas Henrique Avancini e Erika Gramiscelli repetiram a vitória no Eliminator (XCE).

Cerca de 10 mil pessoas prestigiaram o evento ao longo dos três dias. Os visitantes puderam acompanhar as competições a partir de 8 horas da manhã, sendo que as primeiras provas reuniram atletas amadores em diversas categorias. Quem fez a festa dos presentes foram as crianças da categoria mirim, de 1 a 10 anos, que competiram em pista reduzida.

A elite foi à pista no começo da tarde, de maneira que os competidores do sexo masculino deram 6 voltas e as do sexo feminino, 4. Henrique Avancini chegou a São João del-Rei com a meta de ser líder da Copa, mas esse fato não pesou em nada para o atleta, que pedalou em ritmo forte e em pouco tempo abriu vantagem sobre os rivais. O segundo colocado foi Rubens Valeriano, que afirmou estar “muito feliz com o segundo lugar, apesar de fazer uma prova forte. Agora, é preparar para a próxima etapa”. Completaram as cinco primeiras colocações Ricardo Pscheidt, Marcelo Cândido e Frederico Mariano.

Henrique Avancini comemora mais uma vitória na Copa Intenacional de Mountain Bike

No feminino não faltou emoção: Raiza Goulão liderava até a reta oposta da última volta, mas, a menos de 100 metros da chegada, a mineira Erika Gramiscelli usou sua experiência e ultrapassou a adversária, terminando com a vitória. A campeã falou sobre a chegada emocionante: “Na última volta, a Raiza tentou abrir, mas eu não dei mole, fiz força também, e sabia que no Sprint final eu ia vencer”.  Roberta Stopa, a argentina Noelia Rodriguez e Isabella Lacerda completaram as cinco primeiras colocações.

A única atleta da casa a competir na elite foi Aline Lombello, que é aluna do curso de Educação Física da UFSJ. Sobre a responsabilidade de competir em casa, Lombello afirmou que “é um misto de nervosismo e satisfação, de ver amigos e família, todo mundo gritando o seu nome”. A ciclista compete pela equipe Durão Bikes e obteve um ótimo resultado, terminando a prova na décima colocação, garantindo um lugar no pódio.

Texto: VAN/ João Henrique Castro e Willian Carvalho
Fotos: Suellen Jaques

Deixe uma resposta