Grupo Anonymous realiza protesto contra aumento das tarifas da Viação Presidente

Após a Viação Presidente, empresa responsável pelo transporte público na cidade de São João del-Rei, realizar um aumento nas tarifas de R$ 2,00 para R$ 2,25 no início do ano de 2013, o grupo Anonymous de São João del-Rei decidiu fazer um manifesto reivindicando a revogação do aumento por parte do prefeito Helvécio Reis. Insatisfeitos com a atual situação do transporte público na cidade, os manifestantes se reuniram por volta das 18h da última terça-feira (22) na Praça da Estação, de onde seguiram em direção à prefeitura municipal.
Tendo surgido há aproximadamente dois anos, o Anonymous ganhou um rumo mais social após o protesto que fizeram contra o aumento do salário dos vereadores de São João del-Rei no final do ano passado. Desde então o grupo acompanha o trabalho da câmara, bem como o de Mauro Duarte, mais conhecido como Mauro da Presidente. De acordo com Rodrigo Ribeiro, membro do Anonymous, o grupo viu no aumento das tarifas a oportunidade de mobilizar a população contra o monopólio exercido pelo dono da Viação Presidente na cidade.  “O nosso objetivo é mostrar a insatisfação popular, comprovada pelo protesto”, acrescenta.
Participantes se reuniram na Praça da Estação
Após receber o convite dos organizadores da manifestação, o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de São João del-Rei (Sindmetal) também compareceu no protesto. De acordo com Jordano  dos Santos, atual presidente do Sindmetal, sempre que determinado assunto afeta a população sãojoanense, afeta também o sindicato. Ainda segundo Jordano, este tipo de manifestação é importante para chamar a população para as pautas centrais, visto que a cidade enfrenta problemas não só no transporte, mas também em questões importantes como a saúde, moradia e educação.
A mobilização para o protesto foi grande. Além da panfletagem em pontos estratégicos da cidade, a população pode tomar conhecimento da manifestação através do Facebook, rede social onde um evento foi criado e contava com 482 presenças confirmadas até a data do ato. Apesar de todo esse número de pessoas não ter comparecido ao protesto, foram utilizados apitos, megafones, latas e um carro de som para chamar a atenção da população. Magda Ferreira conta que, logo que soube da manifestação através da página do grupo Anonymous no Facebook, se dispôs a participar. Ela destaca ainda a importância do manifesto, tendo em vista sua democraticidade e o fato de ser a maneira que a população tem de se ouvir. “Ninguém está pedindo nada de mais, R$ 2,25 é um absurdo”, completa.

Manifestantes pedem revogação do aumento nas passagens
Após darem uma pequena volta no centro da cidade, os manifestantes se deslocaram até a prefeitura e a encontraram de portas fechadas. Porém, isso não os impediram de permanecer ali fazendo seu protesto. Minutos depois, foram surpreendidos com a presença do prefeito da cidade de São João del-Rei, Helvécio Reis, que abriu as portas da prefeitura e foi até os manifestantes. Após ouvi-los, o prefeito recebeu a carta de reivindicações  feita pelos organizadores do protesto, que coletaram sugestões da população, e tomou a palavra iniciando seu pronunciamento destacando os problemas em que a prefeitura se encontra. Em seguida, propôs a criação de uma comissão de aproximadamente 5 pessoas para discutir os tópicos da carta. Os manifestantes se organizaram ali mesmo e estabeleceram que um representante de cada força presente faria parte da comissão.  Uma reunião do prefeito Helvécio Reis junto à essa comissão deverá ser marcada nos próximos dias.

Reportagem e fotos: Kleyton Guilherme.

Deixe uma resposta