Ingresso em curso superior está mais próximo para estudantes

O sonho de ingressar em uma universidade federal já se aproxima para os 6.193.565 candidatos (71% do total de 8.721.946 inscritos), que realizaram  a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). 

Os que se submeteram à avaliação podem  consultar, desde terça-feira (13), na internet (enem.inep.gov.br ou sistemasenem2.inep.gov.br/resultadosenem) o resultado das provas que foram realizadas nos dias 8 e 9 de novembro de 2014 para se inscrever nas mais de 205 mil vagas oferecidas pelo Sisu. Para ver sua nota, o candidato deverá inserir seu número de inscrição do Enem,  o número  do CPF e a senha de acesso. Em caso de dúvida o candidato pode ligar para o telefone de auxílio do Enem: 0800 61 61 61.

Segundo dados do site do Ministério da Educação (www.mec.gov.br), o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do primeiro semestre de 2015 terá 205.514 vagas disponibilizadas, em 5.631 cursos de 128 instituições públicas de educação superior. As inscrições serão abertas no dia 19 de janeiro no site sisu.mec.gov.br. O prazo de inscrições vai até às 23h59 do dia 22.

Na Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), a Comissão Permanente de Vestibular (Copeve) informa que serão ofertadas, nesse primeiro semestre, 1416 vagas pelo Sisu, divididas em 36 cursos presenciais espalhados nos seis campi: Campus Alto Paraopeba (Ouro Branco), Centro Oeste Dona Lindu (Divinópolis) e Sete Lagoas (Sete Lagoas),  além dos tres campi de São João del-Rei (Dom Bosco, Santo Antônio  e Tancredo Neves).

– “A expectativa de inscrições para o SISU 2015/1, tendo como base os anos anteriores, é em torno de 40 a 45 mil candidatos para concorrer às 1416 vagas”, conta José Trindade da Silva, coordenador geral da Copeve, sobre as inscrições dos cursos na UFSJ.

A candidata Ana Claúdia Rocha, 24, que realizou o exame em novembro está ansiosa para saber o resultado da prova. “Pretendo escolher Administração pela UFSJ e estou confiante de que vou garantir uma vaga. Agora com o Sisu o ingresso `a universidade foi facilitado e temos mais oportunidades para escolha dos cursos ”, conta a concorrente.

Adriana Souza, 22, também fez a prova e pretende escolher Engenharia de Produção ou Administração. Com o acesso `as universidades por meio do Sisu, o candidato tem a opção de escolher dois cursos diferentes em até duas faculdades diferentes; caso a sua nota seja aceita no sistema de classificação prevalece a primeira opção selecionada.

Para Souza, o Sisu propõe um modelo mais crítico de seleção dos candidatos, do que o antigo vestibular, em que os inscritos prestavam as provas de conhecimentos gerais e específicos, competindo somente com um determinado número de candidatos: 

 –  “O Enem não é só  um exame de conhecimentos, mas também de resistência e o prestador necessita de uma estrutura psicológica muito forte. O antigo vestibular que era adotado pela maioria das instituições era uma prova muito mais objetiva. A aceitação do Sisu pelos estudantes vem sendo a melhor maneira de seleção dos futuros universitários”.

Com o Enem todos os inscritos podem escolher uma das 58 universidades federais, além de institutos federais de educação e universidades estaduais, totalizando 128 instituições de ensino superior que optaram pelo Sistema Unificado, como sua via principal de ingresso. O candidato também deve definir se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência, às vagas reservadas de acordo com a Lei nº 12.711/2012 (Lei de Cotas) ou às vagas destinadas às demais políticas afirmativas das instituições. O resultado da primeira chamada regular será divulgado no dia 26 de janeiro.

Programa Universidade para Todos-Prouni

Outro prazo para o qual o estudante deve ficar atento é o das inscrições para o Prouni, que oferta algumas bolsas de estudos em universidades privadas. Este ano são mais de 190 mil vagas ofertadas. As inscrições estarão disponíveis a partir do dia 26 de janeiro, com o encerramento as 23h59 do dia 29 de janeiro. Para conseguir uma bolsa de estudos pelo Prouni, o candidato deve ter nota igual ou maior a 450 pontos no Enem e não ter zerado a redação.

Texto: VAN/Willian Carvalho
Foto: Divulgação

Deixe uma resposta