Alunos fazem aquecimento antes do treino 
Foto: Rebeca Oliveira

Judocas lutam por um futuro brilhante no bairro São Dimas

Projeto de judô realizado no bairro São Dimas causa melhorias no comportamento e na vida escolar das crianças

Alunos fazem aquecimento antes do treino  Foto: Rebeca Oliveira
Alunos fazem aquecimento antes do treino

Foto: Rebeca Oliveira

 

“Tire os sapatos antes de entrar”, foi a condição estabelecida pelo sensei antes de iniciar sua aula cheia de alunos sorridentes em seus kimonos no centro comunitário do bairro São Dimas. Filiado à Liga Mineira de Judô, o projeto “Judô São João del-Rei” está em funcionamento desde setembro de 2015 e atende alunos de todas as idades, divididos em três turmas.

Idealizado por Sylvio dos Santos Moya, o projeto tem como objetivo apresentar o esporte olímpico para a comunidade e introduzir à filosofia do judô – que envolve o respeito, atenção, obediência, bom comportamento, raciocínio rápido e concentração. “O intuito do projeto é isso: usar o judô pra criança ter concentração, saber usar a energia toda numa fonte segura, a uma fonte que possa levá-la a um caminho futuro”, afirma o coordenador Alexandre da Silva.

“Eu sempre tive vontade de trazer o judô pra cá, porque o bairro São Dimas é um muito carente. Aqui precisa, não só as crianças como também os adultos”, contou Rosângela Oliveira que pratica o judô há 30 anos. Ela fez o contato entre o líder da Associação de moradores, responsável pelo Centro Comunitário e Sylvio pra fazer o projeto acontecer.

Segundo a coordenadora Mônica Soraia, o projeto busca trabalhar a parte social em conjunto com o esporte. Por isso, para a troca de faixa são avaliadas as notas escolares, a nota dada pelos pais de acordo com o comportamento da criança e a nota para a técnica do judoca. “Os pais têm a gente como uma fonte de ajuda caso a criança esteja causando problemas”, declara Mônica. Esse método tem refletido positivamente, ao que indicam relatos dos pais sobre melhorias nas notas escolares.

O intuito é não parar por aí. Além da extensão do projeto na Igreja Nova Vida no Matozinhos, os coordenadores têm outros planos para o futuro: “a intenção da terceira turma [composta somente por adultos] é essa: formar professores para que, no futuro, a gente possa ampliar esse projeto, passar pra outros bairros”, anuncia Alexandre.

O projeto se sustenta com ajuda dos coordenadores (todos voluntários) e da Liga Mineira de Judô, por isso estão sempre de braços abertos à voluntários que queiram contribuir de alguma forma. Todos os alunos são cadastrados na Liga e têm atestado médico fornecido pelo PSF (Programa Saúde da Família). Os coordenadores têm curso de primeiros socorros e os equipamentos necessários para atender à possíveis lesões.

O projeto é coordenado por voluntários e beneficia diversos moradores do bairro São Dimas  Foto: Rebeca Oliveira
O projeto é coordenado por voluntários e beneficia diversos moradores do bairro São Dimas
Foto: Rebeca Oliveira

 

 

TEXTO/VAN: REBECA OLIVEIRA

Um comentário em “Judocas lutam por um futuro brilhante no bairro São Dimas

Deixe uma resposta