Skip to main content
Cãezinhos a espera de adoção no Parque Francisco de Assis

Livro “Viver o amor aos cães” é lançado nessa quarta-feira

A relação entre o homem e o cão é o tema central da obra

Cãezinhos a espera de adoção no Parque Francisco de Assis
Cãezinhos a espera de adoção no Parque Francisco de Assis

De autoria de Ana Regina Nogueira, a obra “Viver o amor aos cães” foi lançada no Solar da Baronesa e relata, a partir de textos e fotografias, a experiência do Parque Francisco de Assis, em Lavras, um matadouro municipal de bovinos e suínos onde assassinavam também cães que foi transformado em canil. O lugar abriga até 450 cachorros e por lá já passaram mais de 2200 em três anos.

O texto, que conta com 42 histórias e 200 fotografias, é dividido em duas partes. Na primeira parte, o livro conta, durante 14 capítulos, a vivência de homens que se curam enquanto cuidam e curam os cães. Já na segunda parte, são narradas histórias verídicas que contam a experiência de vida no canil.

O lançamento do livro Viver o amor aos cães aconteceu no Solar da Baronesa - Foto: Elaine Maciel
O lançamento do livro Viver o amor aos cães aconteceu no Solar da Baronesa – Foto: Elaine Maciel

A importância dos canis é lembrada também pela população sanjoanense. “Toda cidade deveria ter controle de zoonoses, canil e programas de castração. Falta as pessoas se conscientizarem.”, comenta Lidia Cordeiro, dona de 10 cães e 4 gatos.

A autora do “Viver o amor aos cães”  Ana Regina, tem 50 anos de carreira como fotógrafa e participou de exposições em famosas galerias do Brasil, dos Estados Unidos e da Europa. Já há alguns anos, a fotografa se dedica aos animais, sendo uma das voluntárias do Parque São Francisco de Assis.“Nós recebemos um dia a visita de um grande filósofo que se chama José Trigueirinho Netto. Ele é responsável pela Irdin Editora e quando ele conheceu o Parque ele encomendou um livro. Aquilo não poderia ficar só aqui na região, só entre nós” , ela conta.

A editora Irdin, sem fins lucrativos, foi a responsável pela publicação do livro - Foto:Elaine Maciel
A editora Irdin, sem fins lucrativos, foi a responsável pela publicação do livro – Foto:Elaine Maciel

A também voluntária e tesoureira da Sociedade Lavrense de Proteção aos Animais Patrícia Arriel relata como é ser voluntária, sem deixar de lado a família ou o trabalho. “Para dar certo, o voluntário não pode ser descompromissado. Para fazer um trabalho como esse temos que ter um compromisso com Deus. Nós primeiro resolvemos as coisas do parque e depois fazemos as nossas coisas. Todos temos nossas famílias, trabalhos e obrigações, mas aquele dia e aquele horário é sagrado”.

Através da fé na espiritualidade, ela e os outros 10 voluntários do parque buscam transmitir a mensagem de amor para que o projeto se multiplique pelas outras regiões. Ana Regina explica que as pessoas que gostariam de fazer um local de apoio aos animais e à natureza como o Parque Francisco de Assis devem ter muita perseverança, pois os problemas financeiros são recorrentes. “Tem que ter muita fé e muito amor e muita vontade e muita união. A partir disso, nós abrimos todos os caminhos da luz”, afirma.

O livro custa R$ 35,00 e também pode ser adquirido pela internet no site - Foto: Elaine Maciel
O livro custa R$ 35,00 e também pode ser adquirido pela internet no site – Foto: Elaine Maciel

O livro é um lançamento da Irdin Editora e custa R$ 35,00, que serão revertidos para o canil. Para contribuir pode-se também fazer uma doação por depósito bancário na Caixa Econômica Federal ou lotéricas na agência 0129, conta corrente 185-2, operação 003 ou Banco do Brasil na agência 0364-6, conta corrente 84411-x.

TEXTO: Ana Resende Quadros/Elaine Maciel

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: