Mostra Audiovisual encanta o público

Na terça-feira, 23, a Sala de Multimídia do Centro Cultural da UFSJ foi, mais uma vez, palco para apresentações da Mostra Experimentações Audiovisuais. Foram apresentados à comunidade os documentários “Ecos do Badalo” e “Sabe lá o que é isso”, além do curta-metragem Ouro de Tolos. O público presente foi de aproximadamente 20 pessoas, das mais diversas faixas etárias.

O documentário Ecos do Badalo narra um lendário drama sobre um suposto sino “assassino” da cidade que, como punição, foi acorrentado e preso, ficando um bom tempo impedido de ser utilizado. Segundo Rafael Vasquez, artista plástico e um dos produtores deste documentário, a ideia dessa produção partiu de uma oficina que ele estava realizando, e o tema deveria estar ligado a alguma identidade cultural de São João del-Rei. Logo, surgiu a ideia de utilizarem o sino, um dos símbolos religiosos da cidade, juntamente com as lendas populares, que também são uma tradição local.

Os presentes estiveram em sintonia com o curta-metragem Ouro de Tolos, com o qual puderam se divertir, assistindo à história de João Victor e Kid, que descobrem um tesouro na mina de Tancredo Neves. Porém o espírito do “defunto” começa a perseguí-los, gerando muitas confusões, em meio à luta pelo ouro. Em “Sabe lá o que é isso”, documentário com direção de Wilson Freire, é feito um pequeno registro do bloco carnavalesco Batutas, de São José, no Recife. Assim, a  programação levou um pouco da cultura musical também de outras regiões para o público são joanense.

Sentindo-se bem acolhida, Zulei Bassi, moradora da cidade e frequentadora assídua do Inverno Cultural, revela que gostou bastante das duas primeiras produções audiovisuais.  Aproveitando para conhecer um pouco da cultura brasileira, a estudante Nayane Lopes, 16, sente-se feliz em poder participar da programação do Inverno Cultural. Segundo Nayane, está é uma oportunidade de aprendizado e formação além da adquirida na vida estudantil. “O Inverno Cultural abre muito a cultura. A gente aqui em São João fica conhecendo um pouco do Recife. Acho muito interessante, engloba um pouco mais as informações”, diz a estudante.

A partir de três filmes, o público pôde viajar por histórias diferentes, atrativas, e que possibilitaram ao ouvinte um acesso maior à cultura local e nacional. A mostra foi mais  uma das atrações do Inverno Cultural que despertou grande interesse do público presente.

VAN/ Gisele Puygcerver; Thais Lacaz; Fernanda Rezende
Foto: Fernanda Rezende

Deixe uma resposta