Mostra de Cinema movimenta a cidade de Tiradentes

Começou nesta sexta-feira, 24 de janeiro, a 17ª Mostra de Cinema de Tiradentes, que presta homenagem ao ator paulistano Marat Descartes.

A cerimônia de abertura teve início com a apresentação musical de Mauricio Tizumba. Em seguida, foi apresentada ao público a temática desta edição da Mostra, “Processos Audiovisuais de Criação”. A coordenadora geral do evento, Raquel Hallak, destacou a importância do festival dentro do cenário cinematográfico brasileiro, diante de vários representantes de patrocinadores e autoridades locais, como o prefeito da cidade Ralph Justino.

Entretanto, o destaque da noite foi a homenagem a Marat Descartes, prestada pelo ator e amigo Gero Camilo. Ele entrou cantando na sala de projeção ao final do vídeo, em que amigos de Marat apresentaram depoimentos sobre ele, emocionando a todos os presentes. 

Marat Descartes subiu ao palco acompanhado da família, amigos e colegas de trabalho, pois, segundo o ator –  que já passou por muitos festivais – a atmosfera daquele momento era única, “Já tive momentos de grandes emoções na minha carreira; já estive no tapete vermelho de Cannes, de Gramado, mas nenhuma foi como essa, porque aqui está reunido tudo que é importante pra mim: a minha família e os meus amigos”, declarou. O ator dedicou o Troféu Barroco `a sua família. Em seguida, foi exibido o longa de pré-estreia nacional, Quando Eu Era Vivo, protagonizado pelo homenageado da Mostra.

Após a sessão de cinema no Cine-tenda show, Maurício Tizumba comandou a noite de sexta-feira com muita música.

A noite de sábado, por sua vez, foi marcada pelo longa, Cidades de Deus 10 anos depois, documentário de Cavi Borges e Luciana Vidigal. O filme foi exibido no Cine BNDS na Praça e concorre ao prêmio do júri popular. 

Pessoas presentes no local disseram ter gostado muito do documentário, pois mostrou como estão os atores de Cidades de Deus, 10 anos após o lançamento do filme que ainda hoje é sucesso nacional e internacional.

Hoje `a noite, domingo, serão exibidos os longas, Riocorrente, Passarinho lá de Nova Iorque, Olho Nu e Amor, Plástico e Barulho. No Cine-tenda Bar Show , após a ultima sessão de cinema, Celinha Braga e Marina Machado fecham a noite, interpretando músicas de Carmen Miranda.

VAN/Silvia Cristina dos Reis
Foto: Silvia Cristina dos Reis

Deixe uma resposta