Nacional reverte desvantagem e vence Torneio de Veteranos

 

Mesmo jogando por uma vitória simples devido à sua melhor campanha na primeira fase, o Nacional fez 2 a 0 sobre o Bonfim, revertendo o placar adverso de 1 a 0 da primeira partida, tornando-se o campeão do Torneio de Veteranos 2014. Com bom público, o jogo foi realizado no estádio João Lombardi – campo do Minas – neste último domingo (6).

Precisando da vitória, o treinador Willer escalou três atacantes. O esquema deu certo e, logo aos 3 minutos da primeira etapa, Wendel saiu livre na grande área e não perdoou. O atacante bateu rasteiro no canto direito, sem chance para o goleiro Garrincha. Com o decorrer do jogo, a partida foi ficando mais pegada e os times abusaram das faltas.

Na segunda etapa, o Bonfim pressionava, mas chegava desorganizado ao ataque. Apesar do maior volume de jogo, os jogadores pecavam nas finalizações.  Até que, aos 41 minutos, veio o castigo: em contra-ataque rápido, Vói – lateral do Nacional – cruzou para Binha, que tirou do zagueiro e chutou rasteiro no canto do goleiro Alvianil, colocando números finais na partida. O autor do segundo gol falou sobre a decisão: “Nós sabíamos que, se a gente jogasse com raça, nós ganharíamos de qualquer jeito. Agora é só comemorar”.

O treinador Willer comentou sobre o esquema de jogo utilizado. “Hoje entramos com três atacantes, precisávamos da vitória, porque com o empate a gente perdia o título. Então, desde o início, sufocamos eles na defesa”, afirmou, comentando ainda sobre o bom ambiente do clube. Já o treinador do Bonfim Cica lamentou a derrota, dizendo porém que “futebol é assim mesmo, eles precisavam do resultado e partiram para cima. Foram felizes em fazer o gol em cinco minutos. Quem viu o jogo, viu a quantidade de gols perdidos, ao final prevaleceu a sorte”.

A taça José Guilherme Paiva Filho foi assim chamada em homenagem ao ex-presidente do Minas. O antigo dirigente falou sobre o torneio: “Foi uma experiência nova que deu certo. O campo está cheio em um domingo de manhã, a gente vê todo mundo prestigiando sem confusão, somente com a prática do esporte”.

Texto: VAN/ Diego Cabral e Camilla Silva
Foto: Willian Carvalho 

Deixe uma resposta