Skip to main content
Capoeira: mistura de dança, luta, música e esporte

Nazareno realiza 3º Encontro Feminino de Capoeira

Evento ocorreu na manhã de ontem (06)

Capoeira: mistura de dança, luta, música e esporte
Capoeira: mistura de dança, luta, música e esporte

Aconteceram em Nazareno, na manhã de ontem (06), a 9ª cerimônia de graduação de capoeira e o 3º encontro feminino de Capoeiristas, organizado pelo Grupo de Capoeira Biriba de Ouro. O evento, que ocorreu na quadra da Escola Municipal Dr. Walfrido dos Mares Guia, reuniu as capoeiristas para um bate-papo e, posteriormente, deu início a roda de capoeira.

Início da roda de capoeira
Início da roda de capoeira

O encontro também foi marcado pela presença de mestres e jogadores de cidades como Cruzília, Lavras, Oliveira e Lima Duarte. “A capoeira é nossa, ela é Brasileira. Além dela ser esporte, dança, brincadeira, ela é luta” afirmou José Antonio da Silva, conhecido como mestre Zezinho.

O mestre ainda destaca a importância do espaço da mulher na prática do esporte. “É muito importante a participação da mulher na capoeira, que não é só pra meninos, é para ambos, tanto jovens, crianças, adultos e terceira idade. A arte da capoeira não é só masculina”.

Entrando no contexto histórico, a capoeirista e professora de Educação Física Maikeline Pereira, explica sobre a dificuldade da inserção da mulher nesse meio:

“A capoeira passou por um processo de crescimento, de evolução na história. A gente tinha antes a capoeira que era proibida. E a mulher era impedida de fazer várias atividades das quais o homem era permitido. E a gente tem ainda o medo, que faz parte desse processo maravilhoso. É uma superação incrível. A gente tem um pouco mais de dificuldade sim do que os homens, até no processo histórico mesmo. Mas, hoje a gente já tem uma outra visão”.

Marcilene, conhecida no grupo como Tchuka, da cidade de Oliveira, é capoeirista há 10 anos e ressalta: “A Capoeira movimenta todas as áreas, corpo e mente. Na capoeira, você canta, toca, bate palma. É uma atividade relaxante, não é repetitiva. É um jogo de estímulo e resposta”.

O Encontro terminou com a graduação dos capoeiristas presentes, que a partir da troca das cordas, alcançaram um estágio mais avançado como praticantes do esporte.

Instrumentos do acervo do Grupo de Capoeira de Nazareno
Instrumentos do acervo do Grupo de Capoeira de Nazareno

TEXTO/VAN: THAIS ANDRESSA

FOTOS: THAIS ANDRESSA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: