Na primeira partida do dia, enfrentaram-se Juventus e Tupinambás

Nova Holanda e Tupinambás serão os finalistas do Campeonato Regional

Goleada do Nova Holanda e virada do Tupinambás definem semifinais

Na tarde deste domingo, o Campeonato Regional de futebol amador conheceu as duas equipes finalistas do torneio. Jogando no estádio do Juventus, Nova Holanda e Tupinambás foram vitoriosas e conquistaram a classificação. O primeiro jogo da final será disputado no próximo domingo, 6.

Na primeira partida do dia, enfrentaram-se Juventus e Tupinambás. No confronto anterior, a equipe da casa venceu por 2 a 1, o que garantiu a vantagem de poder perder por até um gol de diferença sem que sua classificação fosse comprometida. Contudo, do outro lado estava o Tupinambás, que desde o início do jogo esteve obstinado a reverter o prejuízo.

Na primeira partida do dia, enfrentaram-se Juventus e Tupinambás
Na primeira partida do dia, enfrentaram-se Juventus e Tupinambás

Graças ao oportunismo do atacante Marcelão, que marcou dois gols, o Tupinambás conseguiu tornar seu desejo em realidade. O camisa nove abriu o placar no primeiro tempo e na etapa seguinte garantiu a classificação de sua equipe. 2 a 0. Apesar da vantagem, o Juventus não foi capaz de conquistar a classificação, para a decepção dos torcedores que compareceram em bom número ao seu estádio.

Jogador do Tupinambás, Carlinhos fala à VAN que sua equipe sempre acreditou na classificação, e acrescenta: “Essa é a força do time: tudo na raça e na vontade”. Goleiro do Juventus, o veterano Richard lamenta o desempenho da equipe: “Hoje, o meu time não apresentou futebol”, enfatiza.

Nova Holanda e Grêmio União entraram em campo para decidir quem enfrentaria o Tupinambás nas finais. A partida anterior terminou em vitória do Nova Holanda por 3 a 2. Com esse resultado, a equipe São-joanense também jogava com a vantagem de poder perder por um gol de diferença.

No segundo jogo do dia, Nova Holanda derrotou o Grêmio União.
No segundo jogo do dia, Nova Holanda derrotou o Grêmio União.

O primeiro tempo da partida foi bastante decepcionante. As duas equipes, apesar do bom volume de jogo, pecavam nas finalizações. Contudo, o segundo tempo mostrou-se surpreendente. Precisando construir o resultado, o Grêmio União lançou-se ao ataque, tomando a iniciativa no jogo. A ofensiva foi efetiva e, aos 23min, o atacante Marlon abriu o placar. Àquela altura, o Grêmio União precisava marcar mais um gol para conseguir a classificação, e o Nova Holanda jogava muito mal.

Quando o relógio marcava 40min de segundo tempo, as chances de classificação do Grêmio União ficaram mais distantes, assim que Gustavo estufou as redes para igualar o placar. 1×1. Menos de um minuto depois, o segundo gol, com Guilherme. 2×1. Aos 42min de jogo, Marco Tulio recebeu cruzamento rasteiro e marcou. Era o terceiro gol do Nova Holanda em três minutos. Dali para frente, o Grêmio União já não teria mais forças para reagir. Antes do apito final, aos 54min do segundo tempo, Guilherme e Marco Tulio ainda marcariam mais um gol cada. Final de jogo, 5×1 para o Nova Holanda.

Autor de dois gols na partida, o meio-campista Marco Tulio diz à VAN que a vitória de sua equipe demonstrou a força do elenco, e acrescenta: “Na hora que eles fizeram o gol, a gente estava dormindo. Mas a gente acordou”. Os jogadores do Grêmio União não quiseram dar nenhuma declaração a respeito da partida.

No próximo domingo, 06, o estádio do Juventus receberá a primeira partida da final entre Tupinambás e Nova Holanda. O campeão será decidido no domingo seguinte, 11, no mesmo estádio

Texto/VAN: João Vitor Bessa

Deixe uma resposta