Dores e Prados comemoram lucros nas vendas de final de ano

Natal é  tempo de festa,  época de celebrar a paz, o amor, alegria, e, é claro ir às compras. Dores de Campos e Prados reforçam esta tradiçao nesta época. Segundo a Associação Comercial e Industrial da região (ACIDEC), as vendas aumentam significativamente e os comerciantes conseguem obter lucros de 20%, 30%, 40% e até 50% acima dos meses anteriores do ano.

Em Prados, as vendas melhoraram ou se mantiveram iguais sem perdas e ganhos, em comparação com o ano passado. Algumas lojas se ampliaram e fizeram at é o uso de promoções para chamar a atenção dos clientes. Como a cidade é considerada turística, o comércio recebe frequentemente a visita de várias pessoas, principalmente nas lojas de artesanato. 

Segundo a comerciante de Dores de Campos, Maria Malta, nesta época os produtos mais procurados são também os mais caros; tais como celulares caros, tênis de marca, carrinhos de marca e bonecos Max Still e Barbie. 

Para estimular as vendas, as lojas estão praticamente dobrando o horário de atendimento. Prova disso é  que algumas ficaram abertas de segunda a sábado, das 8 da manhã `as 10 da noite. Com isso, os comerciantes, em sua maioria, tiveram que contratar funcionários temporários para este período do ano.

Adicionalmente,  o dorense, Valdecir Lopes acredita que o Natal seja tempo de solidariedade, em que as pessoas se preocupam com o próximo. Já para Iasmim Silva, as festividades natalinas são os melhores atrativos dessa época: a ceia, os corais da igreja, a missa do galo, os enfeites, enfim, tudo que esteja ligado `a comemoracao do Natal.

Para a aposentada Maria da Penha, de Dores de Campos, o bom mesmo do Natal é reunir todos os filhos e netos que vivem em outras cidades. É o momento  de contar os “causos”, matar as saudades e de ficar juntos ao redor da mesa.

VAN/Tailerson Olímpio e Juliana Sousa

Foto:
Juliana Sousa

Deixe uma resposta