Exemplo de bueiro inteligente com a utilização de caixas de supermercado

Plenário de São João del-Rei aprova projeto “Bueiro Inteligente”

Projeto tem como objetivo diminuir a incidência de alagamentos nas ruas por causa de bueiros entupidos

 

O Plenário aprovou, na última semana, o projeto do vereador Jorginho Hannas denominado “Bueiro Inteligente”. A proposta consiste na instalação de uma caixa coletora de material termoplástico que filtra todo material sólido, sem obstrução da passagem das águas das chuvas nos bueiros e bocas de lobo situados em locais onde ocorrem ou possam ocorrer entupimento e alagamento nos dias de chuva.

            O vereador Jorge Hannas conta que que o projeto já está em funcionamento em outras cidades, e que participou da criação do mesmo em Belo Horizonte enquanto trabalhava com o presidente da câmara da cidade. Ele conta que é um projeto muito simples: as caixas utilizadas podem ser fornecidas por supermercados, por meio de doações, ou compradas a baixo custo, e a limpeza seria feita quinzenalmente, como já é normalmente. Sua intenção, com a implantação do “bueiro inteligente”, é diminuir os alagamentos nas ruas causadas por entupimentos de bueiros e bocas de lobo: “Quando não há resíduos entupindo as redes, obviamente não vai ter o retorno da água. É um projeto sustentável, é um projeto de ganho ambiental, e uma coisa que vale ressaltar: não há impacto financeiro algum ao município.”

bueiro entupido em SJDR
Bueiro entupido em São João del-Rei. – Foto: Reprodução

            O assessor de comunicação do 2° Pelotão de Bombeiros de São João del-Rei, Cabo Giovanni, conta que quando começa o período de chuvas há muitos casos de alagamentos e inundações em vários pontos da cidade, como Santa Cruz de Minas, Vila Nossa Senhora de Fátima e, em algumas ocasiões, na ponte da Colônia. Ele conta que a iniciativa vai ajudar a diminuir consideravelmente o problema dos alagamentos. Ele ressalta também a importância da conscientização da população para não jogar lixo nas ruas: “Eu acho importante também ter campanhas educativas a respeito de da questão do lixo. Muitas vezes a gente percebe que as pessoas jogam lixo na rua como uma coisa natural. E isso é muito ruim, isso também prejudica muito.”

            A aposentada Maria Auxiliadora Carvalho mora na cidade faz mais de 30 anos, e conta que já teve problemas de invasão de água por outros motivos, mas que teme que o sistema de esgoto atual não aguente a pressão da água quando as chuvas chegarem. Ela conta também da falta de colaboração da população: “Os bueiros estão muito entupidos, é muito lixo. O pessoal é muito folgado, não tem coragem de pegar. Tá cheio de cesto para você jogar, não, jogam na rua, joga no jardim. Na hora que a chuva vem, taca no bueiro, aí não tem como.” Para ela, o projeto do vereador vai ajudar a diminuir consideravelmente os alagamentos da rua onde mora, e acredita também que a prefeitura deva fazer melhoramentos nos esgotos antigos, para fazê-los aguentar o fluxo de água.

 

Texto/VAN: Clara Mattoso
Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta