Skip to main content
Minas Gerais é o segundo maior produtor de flores do país. FOTO: Rogério da Silva

Produção de flores é foco de pesquisa em Minas Gerais

Pesquisa visa contribuir com o avanço da floricultura no estado

Minas Gerais é o segundo maior produtor de flores do país. FOTO: Rogério da Silva
Minas Gerais é o segundo maior produtor de flores do país. FOTO: Rogério da Silva

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (EMATER-MG) em parceria com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA) está realizando uma pesquisa sobre o fortalecimento da produção de flores em Minas Gerais. Cidades como São João del-Rei, Barbacena, Alfredo Vasconcelos e Antônio Carlos representam o Campo das Vertentes na lista da pesquisa. O objetivo é reunir, mensalmente, dados sobre a produtividade de flores para contribuir com o avanço da área.

A parceria entre EMATER e SEAPA teve início em abril e pretende concluir até o mês de junho o primeiro levantamento de dados sobre a floricultura da região. “A primeira divulgação deve apresentar dados consistentes e um panorama geral da produção em Minas”, ressalta o coordenador técnico da EMATER de Minas Gerais, Edson Logato.

Os pequenos e médios floristas do estado, que é o segundo maior do Brasil na produção de flores de diversas variedades, são o alvo da pesquisa. A análise elenca várias informações, como: espécies produzidas, quantidades, número de agricultores familiares e também não familiares envolvidos na atividade.

De acordo com o gerente regional da EMATER de São João del-Rei, Ademir Mendes, a pesquisa surgiu como um pedido de inclusão da Secretaria de Agricultura, visto que já é realizado um mapeamento de dados sobre grãos e animais por outras empresas. Esse mapeamento está sendo feito mensalmente em todo o estado de Minas Gerais e, a curto prazo, serve como um controle da EMATER sobre a produção de flores da região. Já a longo prazo, as informações podem ser aproveitadas para a obtenção do Crédito Rural, pois o Governo Federal tem a intenção de investir nesses produtores.

A EMATER de Minas Gerais acompanha, desde a sua criação, a safra agrícola do estado em todos os municípios. Em 2015, introduziu a Safra Pecuária, compilando dados sobre todos os produtos relacionados a esse setor. Nesta mesma ferramenta informatizada de análise, em 2016, foi incluído o Sistema para Acompanhamento da Floricultura, que permite que cada escritório da EMATER faça o upload online de informações sobre a produção de flores do município de abrangência.

O florista São-joanense, Wilson Naves, vê na pesquisa uma tática positiva. “O mapeamento desses tipos de dados, tão esquecidos em pesquisas gerais, vai, com certeza, ajudar no crescimento da área. Vai ser bom não só para as empresas que estão realizando a análise, mas também para nós, produtores, para sabermos se um tipo de flor está sendo produzida mais ou menos, onde podemos investir, essas questões”, completa Wilson.

 

TEXTO/VAN: Sofia Pacheco

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: