Projeto do Mastercasa chega a Juiz de Fora

Foto: Zine Cultural
O evento chamado Mastercasa
chega a Juiz de Fora depois de 12 anos bem sucedidos de exposição no Rio de
Janeiro. O projeto foi trazido pelas arquitetas Cristina
Chimelli e Kity Amaral, a decoradora Mara Medina e a empresária Valéria
Rezende, de Juiz de Fora. Segundo as profissionais de arquitetura,
paisagismo e decoração de interiores, a ideia principal do evento era reformar
uma casa antiga da cidade construída na década de 60.
  O projeto pretende apresentar para
os moradores de Juiz de Fora e região, as novidades do mundo da decoração e
construção e, principalmente, as soluções para se decorar, reformar ou
construir espaços, uma vez que nem todo mundo tem o dom ou a disponibilidade
para gastar muito tempo pensando em formas práticas e bonitas de reformas.  O Mastercasa conta com o apoio de
grandes marcas nacionais e algumas da própria cidade.
            A casa
foi dividida em 28 espaços e foi criada uma família fictícia composta por um
casal com dois filhos para dar base à decoração da casa. A presença de um
morador com necessidades especiais na casa é o grande diferencial do projeto,
uma vez que os profissionais tiveram que adaptar seus projetos para essas
necessidades especiais. Além dos quartos, a casa tem SPA, café, cozinha
gourmet, galeria de arte, jardim comestível, entre outros.
A
responsável pelo primeiro piso da casa é a decoradora
e designer Mara Medina. A decoradora que presa pela igualdade social, se
preocupou em criar ambientes acessíveis para deficientes físicos. Foi o caso
dos banheiros que possibilitam o fácil acesso dessas pessoas. O uso de
materiais não comuns também chamou a atenção, como cimento queimado nas
paredes, pintura em listras e telhas ecológicas na parede externa.
Segundo o escrivão José Teotônio
Pimentel, a ideia é uma forma sofisticada de propaganda, tanto da publicidade
pessoal dos profissionais quanto de materiais. “As pessoas acabam conhecendo a
personalidade e o estilo de cada profissional” – afirma José. O projeto também
facilita na hora de as pessoas definirem o que elas querem para suas casas.
Acostumado com revistas especializadas em decoração de ambientes, José acredita
que o Mastercasa as imitam, trazendo os exemplos em uma forma real.
Já para o radialista Wilson Castro de
São Tiago, que aproveitou a oportunidade de visitar o Mastercasa durante o fim
de semana em Juiz de Fora, acha o projeto muito importante para apresentar as
inovações da área e o trabalho dos profissionais, além de contribuir na
conscientização da população nas necessidades dos deficientes. “Espero que
projetos assim passem a servir de base até mesmo para o Governo. A
acessibilidade dos deficientes nas vias públicas tem que melhorar e o Governo
tem que investir mais nisso”, diz Wilson.
            O
Mastercasa
está em exposição na Rua Silva Jardim, número 430, no bairro Santo Helena, em
Juiz de Fora.            
Texto: Laura Vaccarini Gouvêa
Para copiar e reproduzir qualquer conteúdo da VAN, envie e-mail para vanufsj@gmail.com, solicitando a reportagem desejada. É simples e gratuito.

Deixe uma resposta