Projeto resgata história da Ferrovia EFOM

“Visitar o Museu Ferroviário resgata um pouco da história da estrada de ferro, e é importante trazer esse mundo para [dentro] da escola”, é o que afirma Jéssica Carvalho, bolsista do projeto História e Memória da Ferrovia Oeste de Minas, que propõe levar a memória são joanense para a sala de aula e divulgar a história de uma das maiores estradas de ferro da época.

Sob a coordenação de José Roberto Vitral, diretor do Centro de Processamento de Dados da Associação Comercial e Industrial de São João del – Rei, o projeto organiza visitas periódicas ao museu, recebendo cerca de 50 alunos de escolas públicas e particulares por vez. Nos encontros, estes aprendem com maior profundidade sobre o surgimento da estrada de ferro, o funcionamento das máquinas e a forma como era feito o transporte. 

Como salienta a bolsista Jéssica Carvalho, a iniciativa leva os estudantes a refletirem sobre a influência desse período histórico em São João del – Rei até os dias atuais. Além disso, ela esclarece que o projeto tem por objetivo não somente a aproximação da história com o universo escolar, mas também a conservação e a valorização da memória local.

Maria Inês Resende, professora na Escola Estadual Maria Tereza, elogia a ação, acrescentando que, no cotidiano, “muitas vezes são passadas despercebidas coisas importantes, como o porquê de isso tudo ter acontecido”, situação que pode ser revertida a partir de iniciativas como a que está sendo realizada.

As apresentações do projeto História e Memória da Ferrovia Oeste de Minas são realizadas todas as quintas e sextas-feiras, estando convidados alunos de escolas públicas e particulares.

VAN/Fernanda Almeida
Foto: Fernanda Almeida

Deixe uma resposta