DSC_0400 (2)

Sábado de Aleluia é marcado pela Solene Vígilia Pascal

A cerimônia da Vígilia Pascal é uma das mais belas e importantes que ocorrem durante a Semana Santa em São João del-Rei

DSC_0414 (2)

No penúltimo dia de comemoração à Semana Santa, sábado de aleluia (26), ocorreu na Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar a Solene Vígilia Pascal. A celebração que ocorre todos os anos é considerada uma preparação para uma das mais importantes celebrações de toda a Semana Santa.

Como nos conta o Padre Ramiro Gregório da Catedral do Pilar, “A Semana Santa é sem dúvida alguma um momento muito alto de reflexão e oração na igreja Católica Apostólica Romana, e a celebração mais importante de todo o ano é justamente o ápice da Semana Santa que é o domingo da ressurreição que comemora a morte de Jesus por nós, e sua ressurreição e vivo entre nós ele está. Tão importante assim que nós temos a Vigília Pascal, como a celebração de preparação para a ressurreição de Cristo e na celebração litúrgica, esse momento da ressurreição é marcado com o Cântico do Glória no princípio da missa. Aquele seria um momento marcante que diz que Jesus ressuscitou.”

DSC_0425 (2)

Essa celebração dura em média duas horas, vários costumes religiosos são pregados durante a missa, como o acendimento da vela do Círio Pascal que também acende as velas dos fieis. A longa duração é devido ao grande número de leituras e salmos na celebração, além do Hino do Glória que é cantando por quase quarenta minutos. Mas a duração não intimida os fieis como Erika Paiva, pedagoga, que contou que essa cerimônia é a mais importante em sua opinião, pois representa muito a preparação para a ressurreição de Cristo. Erika ainda nos contou, com pesar, que não é todo ano que ela pode participar da celebração por motivos de problemas de saúde, mas sempre que pode, ela faz questão de presenciar essa bela cerimônia.

A cerimônia se iniciou às 20h com a palavra do Bispo Dom Célio, que do lado de fora da Igreja acendeu a vela do Círio Pascal com brasas, logo depois as luzes da Catedral se acenderam e as velas também. Os cânticos que emocionam os fieis e nunca os desapontam, como em todos os anos.

DSC_0486 (2)

Em entrevista, o professor e advogado, Décio Miguel, mostrou que sua fé vem de longa data, “Não só nesse ano, mas em todo ano a semana santa de São João é piedosa, uma religiosidade enorme. Eu não me imagino fora daqui durante a Semana Santa, mesmo quando morava fora, em São Paulo, viajava até aqui para poder presenciar essa comemoração, fazem 51 anos que acompanho. E hoje morando aqui, sempre fará parte do meu calendário. ”

Segundo o Padre Ramiro Gregório, não é só a beleza da celebração que chama a atenção dos fieis para participarem todos os anos regularmente. “Na Paróquia do Pilar de São João del-Rei, essa celebração já acontece há séculos, então as equipes e os voluntários que preparam a celebração já sabem como tudo funciona tradicionalmente, ‘cada um faz sua parte e tudo sai como o planejado’. Com isso, notamos que a cada ano, depois do desenvolvimento da comunicação – rádio, televisão e internet – isso aumentou muito mais a divulgação e consequentemente muitas pessoas que ouviram em rádio ou viram pela televisão se preparam para participar no ano seguinte. A cada ano sempre tem mais pessoas. ”

Ainda nas palavras de Décio Miguel, “É a cerimônia mais importante que representa a vitória sobre a morte, eu acho que todas as cerimônias são importantes, mas essa sempre irá se destacar pela beleza e religiosidade envolvida.”

Veja mais da cerimônia:

TEXTO/VAN: Clara Rita

Deixe uma resposta