São João del-Rei recebe a 5ª edição da Semana do Animal

Oficinas lúdicas para as crianças, culinária
para vegetarianos e uma feira de adoção de vira-latas. Pela
primeira vez na cidade de São João del-Rei, a 5ª Semana do Animal
promove uma reflexão sobre o tratamento dado aos animais,
em meio a uma época que os maus tratos são cada vez mais
gritantes. Assim, o grupo UFSJ Bioagradável, a Sociedade Protetora
dos Animais e o projeto Amigos de Quatro Patas promovem, de 28 de
setembro a 4 de outubro, esse evento que pretende semear a mudança
dessa realidade.
A iniciativa surgiu na cidade de Salvador (BA),
onde Analu Souza, organizadora do evento, cursava Ciências
Biológicas. “Iniciamos com um stand para arrecadar doações para
o abrigo de lá, depois fizemos uma edição em Poços de Caldas e
agora realizamos essa Semana em São João del-Rei”, explica.
Seu trabalho enquanto bióloga baseia-se em
práticas sustentáveis, com preocupações com o meio ambiente e com
o mundo animal. “As pessoas hoje ‘coisificam’ os animais,
parecem máquinas insensíveis. Os bichos têm direito sim, merecem
respeito e esse evento vem promover essa abertura na mente das
pessoas, para que elas passem a pensar mais nisso”, acredita.
Na programação do evento estão previstas
atividades direcionadas a toda comunidade, envolvendo pesquisadores
sobre ética e direito dos animais, além do trabalho de
conscientização com as crianças nas escolas municipais. Este
último será desenvolvido de forma divertida, com a utilização de
uma cartilha produzida exclusivamente para o evento e a exibição do
vídeo Fulaninho, o cão que ninguém queria, do Instituto
Nina Rosa.
Para a presidente da Sociedade Protetora dos
Animais, Mara Nogueira Souto, é urgente a discussão dos cuidados
com os animais nos dias de hoje, dado o alto número de animais
abandonados nas vias públicas de São João del-Rei. “Sobrevivemos
das doações de pessoas que conhecem o trabalho da sociedade. Não
temos local para abrigar esses animais, temos somente lares
temporários, que são casas que os hospedam até recuperá-los e
colocá-los para adoção”, explica.
A Sociedade foi criada há 18 anos e trabalha
na recuperação, castração e fiscalização de maus tratos com
animais. Segundo Mara, a organização atende cerca de 150 animais
por mês, dentre eles domésticos e selvagens. “Hoje, temos até um
macaco em São João del-Rei, deixado aqui por um circo, que fica
abrigado na horta do Hospital das Mercês”, revela.
Programação
Com início previsto para o dia 28, a 5ª
Semana do Animal reúne nesse dia três especialistas em animais,
dentre eles o advogado Daniel Braga Lourenço (UFRJ) e os professores
Gilcélio Amaral da Silveira e Rogério Martins Maurício, da UFSJ,
para a discussão sobre a ética e o direito dos animais. O evento
acontece às 17h no anfiteatro do campus Dom Bosco.
No dia 29, quinta-feira, o evento apresenta uma
mostra de vídeo “Animais: seres senscientes”, produzido pela
Sociedade Mundial de Proteção Animal (WSPA Brasil), destacando a
capacidade de sentimento de dor, alegria, prazer e estresse desses
seres. No sábado, acontece a Feira de Adoção de vira-latas
recuperados na Avenida Tancredo Neves, de 9 às 13h.
No domingo, dia 2, o Espaço Calêndula recebe
os participantes para uma oficina sobre Culinária Vegetariana. A
taxa de inscrição é de R$ 16 e as vagas são limitadas. O evento
será encerrado com a bênção aos animais, que acontece na Igreja
São Francisco de Assis, no dia 4, terça, às 16h.
Em todos os dias do evento, acontecem as
oficinas com as crianças nas escolas municipais e, além disso, os
três campi da UFSJ receberão o stand educativo “Novos Olhares
animais, ambientais e sociais”. Haverá sorteio de brindes em vários dias do evento.
Texto: Eduardo Maia
Foto: Eula Carrara

Para copiar e reproduzir qualquer conteúdo da VAN, envie um e-mail para vanufsj@gmail.com, solicitando a reportagem desejada. É simples e gratuito.

Deixe uma resposta