São João del-Rei se prepara para Jubileu do Divino Espírito Santo

Festa tradicional no bairro de Matosinhos terá temática voltada para o Ano Santo da Misericórdia

Jubileu do Divino Espírito Santo é a única novena voltada para Deus no catolicismo.
Jubileu do Divino Espírito Santo é a única novena voltada para Deus no catolicismo. FOTO: Lucas Silveira

Conta-se que no século XIV, Santa Isabel, Rainha de Portugal, sonhou com um pedido de Deus para que se constuísse uma Igreja dedicada ao Divino Espírito Santo na cidade de Alenquer. A partir do sonho, milagres aconteceram no local e rapidamente a devoção se propagou, chegando ao Brasil com os colonizadores portugueses. Desde então, festas religiosas são voltadas para a divindade cristã. Em São João del Rei, o tradicional Jubileu do Divino Espírito Santo acontece neste ano entre os dias 4 a 15 de maio, na Paróquia do Santuário Senhor Bom Jesus de Matozinhos com o tema “O Espírito Santo e a Misericórdia de Deus”.

O Vigário do Santuário, Padre Sérgio França, diz que o tema do Jubileu “é voltado para o Ano Santo da Misericórdia, que foi instituído pelo Papa, nada mais justo”. O Papa Francisco instituiu na Igreja em 2016 este Ano Santo Extraordinário a partir da Bula de Proclamação Misericordiae Vultus (O Rosto da Misericórdia), com a proposta de levar os fiés de todo o mundo à conversão, às práticas das obras de misericórdias, e da participação ativa na comunidade.

Este Ano teve início em 8 de dezembro de 2015, data em que se celebra a Assunção de Maria, e termina no dia 20 de novembro, Solenidade de Jesus Cristo Rei do Universo. “A participação dos fiéis ao passar dos anos é sempre muito frequente. O povo não só da Paróquia mas também de outras paróquias e de cidades vizinhas, além dos grupos de congado, são muito ativos no Jubileu”, comenta Padre Sérgio.

Membro da Juventude Missionária do Santuário, Lucas Andrade acredita que o protagonista da igreja é o jovem, “sendo assim ele não pode ficar de fora dessa grande solenidade da Igreja”. No Jubileu, o jovem participa ativamente das missas e do Cortejo Imperial, uma caminhada que sai da Igreja de São Francis

Imagem de Santo Antônio sai em caminhada da Igreja São Francisco de Assis, no Centro da cidade.
Imagem de Santo Antônio sai em caminhada da Igreja São Francisco de Assis, no Centro da cidade. FOTO: Lucas Silveira

co de Assis até o Santuário de Matosinhos um dia antes de Pentecostes, com a imagem de Santo Antônio, o imperador perpétuo da Festa. “Os jovens participam caracterizados de rei, príncipes e princesas, lembrando toda a história dessa antiga festa”, conclui.

A celebração de Pentecostes marca o dia maior das celebrações. Segundo o cristianismo, cinquenta dias após a Páscoa, Deus enviou o Espírito Santo sobre os apóstolos e Maria no Cenáculo, local onde eles ficavam fechados para rezar, em forma de línguas de fogo. As escrituras bíblicas contam que os que estavam ali começaram a falar em diversas líguas, e saíram para pregar o Evangelho de Cristo cheios de coragem e fé. Dessa forma, a Festa não tem data fixa, dependendo de quando será celebrada a Páscoa.

 

Raízes históricas

O membro do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural de São João del Rei, José Antônio de Ávila Sacramento, conta que possivelmente em 1774 a Festa do Divino era parte integrante da Festa do Senhor de Matosinhos. Ressalta ainda a importância de relembrar que no ano de 1783, o Papa Pio VI, em Breve Pontifício, já concedia indulgência plenária aos fiéis que no Dia de Pentecostes, confessasse e comungasse visitando a Igreja de Nosso Senhor Bom Jesus de Matosinhos da cidade de São João del-Rei, então diocese de Mariana-MG. “Então as raízes são históricas: note que num país descoberto em 1500, com São João del-Rei surgindo como Arraial em 17/04/1705 e como Vila em 1713, a Festa ou o Império do Divino daqui já era reconhecida formalmente pelo Papa em 1783!”, completa.

A programação segue até o dia 15 de maio. ARTE/VAN: Laila Zin
A programação segue até o dia 15 de maio. ARTE/VAN: Laila Zin

 

TEXTO/VAN: Emanuel Reis

Deixe uma resposta