Movimento quer conscientizar motoristas na época do Carnaval. FOTO: Divulgação

Se beber, vá de VAN! Campanha incentiva trânsito seguro no carnaval

Será realizada uma grande blitz com distribuição de materiais educativos

Movimento quer conscientizar motoristas na época do Carnaval. FOTO: Divulgação
Movimento quer conscientizar motoristas na época do Carnaval. FOTO: Divulgação

 

Começa na próxima sexta (10), e vai até 24 de fevereiro, a campanha “Se for beber vá de VAN”. A ação foi idealizada pelos líderes do movimento Somos Todos Vítimas da BR-265 e conta com o apoio de empresas, prefeituras, polícia rodoviária e militar e mídia regional.

 

Com o intuito de gerar uma conscientização dos motoristas e também reforçar os perigos da BR-265, a campanha irá interditar trechos do acesso para Carrancas, nas entradas das cidades de Conceição da Barra de Minas, Lavras, Itutinga e Nazareno para distribuição de material educativo sobre conscientização no trânsito.

Segundo um dos líderes do movimento, Daniel Gedder, a ideia surgiu devido ao aumento de acidentes nessa época do ano. “O carnaval é uma data preocupante. O número de acidentes aumenta muito nesse feriado. A combinação álcool e volante é desastrosa. Por isso, resolvemos fazer uma campanha de conscientização dos motoristas.”

A ideia é promover uma grande blitz de conscientização no trânsito. Serão distribuídos 5000 saquinhos de lixo para automóveis, 100 camisetas, e também serão afixadas 5 faixas nas cidades nos dias de Carnaval. Para que a campanha seja efetiva é necessário o apoio das cidades, da população e também de patrocínios para a confecção dos materiais educativos.

ARTE/VAN: Laila Zin
ARTE/VAN: Laila Zin

O agente de trânsito, Wellington Oliveira de Andrade Junior, conta que acompanha o movimento há um bom tempo. Ele ficou sabendo da campanha e procurou uma forma de ajudar a organizá-la. Segundo ele, o carnaval é a época de maior incidência de crimes referente a embriaguez ao volante, e imprudências nas rodovias, e nas ruas. ”Em todas as blitz executadas, sempre tem condutores que não utilizam o cinto de segurança, e também que fizeram uso de bebidas alcoólica”, diz.

Algumas medidas para diminuir as imprudências nas estradas são de nível nacional, como a Lei Seca, o aumento das multas e uso de radares móveis e fixos em rodovias. Porém, para o agente de trânsito, alguns motoristas preferem criticar atitudes tomadas por instituições como DETRAN – Departamento Estadual de Trânsito, do que criar uma consciência e respeitar as regras de trânsito.

A estudante de zootecnia Daniela Ferreira usa o período do carnaval para viajar para casa dos pais e cidades vizinhas. Normalmente realiza o trajeto de ônibus ou carona, mas consegue perceber o ritmo do trânsito de carnaval. Daniela critica as mensagem realizadas por empresas de bebidas alcoólicas incentivando o consumo consciente ou moderado de bebidas, pois elas não possuem visibilidade necessária. Ela considera ações como a campanha “Se for beber, vá de VAN” extremamente válidas e acredita que precisam ser reforçadas cada vez mais.


TEXTO/VAN: Scarlet Freitas

Deixe uma resposta