IMG_1234

Segunda rodada do Torneio Quadrangular sub 20 foi marcada por jogos disputados.

O segundo dia de jogo do Torneio Quadrangular que aconteceu no sábado (13) teve sua continuidade no estádio Joaquim Portugal. Os jogos desse dia foram Athletic x Atlético MG, às 14h, seguido de Cruzeiro x Botafogo, às 16h. Com jogos bastante disputados e uma torcida de tamanho considerável bem animada, o dia no estádio foi movimentado.

IMG_1234

Athletic x Atlético MG

Já no primeiro tempo da primeira partida, o Atlético MG fez seus dois gols que sustentariam a sua vitória. Já aos 8 minutos o camisa 11 do Atlético MG, Igor Alves, aproveita uma falha do camisa 4 do Athletic, Danilo, para abrir o placar do jogo. Logo depois, aos 20 minutos, Cleitinho, camisa 10 do Galo, aproveita um cruzamento vindo do lado esquerdo e cabeceia a bola pro fundo do gol. O primeiro tempo foi muito disputado, com algumas chances para o Athletic também, mas sem finalizações concisas. O destaque do time foi para o camisa 11 do clube, Dedé, que participou de quase todas as jogadas de ataque do clube.

        Ainda no primeiro tempo houveram os dois cartões do jogo que foram dados aos jogadores do Athletic. Um dos lances que resultaram em cartão foi a roubada de bola por trás do Leandro, camisa 5, aos 35 minutos. E a outra jogada foi aos 38 minutos, com Guilherme, camisa 3, entrando atrasado em Iago, camisa 8, que já estava sem a bola e com isso leva o cartão.

        Na volta ao segundo tempo o jogo foi mais morno, com menos chances de gol. Sendo uma das únicas a do Athletic, que teve uma chance clara para diminuir o placar logo aos 3 minutos, com dois jogadores cara a cara com o goleiro, mas ao chutar o goleiro defendeu a bola com as pernas.

        O técnico do Galo, Ricardo Alves Resende diz sair satisfeito com o resultado e o  desempenho do time. Com a vitória nesta rodada, o time é o líder do torneio com 6 pontos. Além disso, ele vê esses jogos como uma oportunidade para os jogadores que estavam a muito tempo sem jogar ganharem ritmo para disputar outros campeonatos.

Apesar da derrota, a equipe do Athletic se mantém firme e confiante, sem se abalar e já pensando no próximo jogo, que acontecerá no domingo (14). Guilherme, treinador do Athletic, acredita que o torneio é muito importante para a cidade e principalmente para o time, conseguindo fazer uma avaliação do time que está montando para o mineiro. O jogador Danilo, camisa 4 do Athletic, se mostra otimista com relação ao próximo jogo: “A partida foi boa para as duas equipes. Infelizmente a gente teve umas falhas, (…) mas no futebol é isso. Mas levantar a cabeça, malhar firme, para amanhã, contra o Botafogo, sair na vitória.”

Cruzeiro x Botafogo

        O segundo jogo da tarde foi mais disputado, com bastante equilíbrio entre as equipes, tendo o desempate ocorrido apenas no segundo tempo.

        No primeiro tempo o Botafogo começa pressionando e já aos 13 minutos com uma roubada de bola Pedrinho, camisa 8, e um chute no canto direito do goleiro, marca o primeiro gol da partida. O jogo esquenta ainda mais a partir do gol e aos 18 minutos o camisa 10 do Botafogo, Motta, sofre uma falta do camisa 5, Vander, que leva o primeiro Amarelo da partida. Vander também leva o pé alto em uma jogada com Pedrinho que não resultou em cartão mas em sangramento no nariz do camisa 8.

        Só aos 42 minutos o Cruzeiro consegue o empate com um gol do camisa 8 Eduardo, que disse que o gol foi importante para dar uma tranquilidade para a equipe, já que o jogo era difícil, pela equipe do Botafogo ser bem qualificada.  A virada chegaria no segundo tempo em uma cobrança de falta pelo camisa 7, Marcelo, do lado direito a poucos metros fora da grande área, que deu oportunidade para Thonny Anderson, camisa 10, cabecear e colocar o Cruzeiro na frente. O time mineiro ainda ganha mais um cartão amarelo com um movimento perigoso do Márcio, camisa 16, que chegou atrasado na jogada.

        Com essa vitória, o Cruzeiro assume o segundo lugar no torneio, com 4 pontos, seguido do Athletic em terceiro, com 1 ponto, e o Botafogo em último sem somar pontos, já que perdeu os dois jogos.  Assim, Cruzeiro e Atlético MG decidirão o torneio em confronto direto na próxima partida.

        No fim da partida Pedrinho, autor do gol do Botafogo, afirma ter ficado feliz com o gol feito por ele, mas sai triste pela derrota. Mesmo assim, acredita que a viagem do Rio para Minas para disputar um Quadrangular já é um aprendizado. O treinador Felipe Lucena reafirma: “Jogar em competição assim é sempre muito bom. Eles vão ganhando maturidade, vão amadurecendo de acordo com a competitividade. Não adianta nada a gente estar lá no Rio, e eles estão só treinando. Aqui a gente consegue ter uma competitividade.”

        O treinador do Cruzeiro Emerson Ávila afirma que o jogo foi de alto nível, com muitas oportunidades de ambos os times, melhor também em relação ao primeiro jogo do time no torneio, que foi o empate com o Athletic. Ele espera um grande jogo no clássico contra o Atlético MG, que decidirá o torneio. E espera a presença e o apoio da torcida do time.

IMG_0950

Texto VAN: Clara Mattoso e Bárbara Morais

Fotos: Clara Mattoso

Deixe uma resposta