Segundo Encontro de Sanfoneiros resgata a tradição em Prados

No último sábado, 6, em Prados, foi realizado o Segundo Encontro de Sanfoneiros. O evento musical está resgatando a tradição na cidade, e reuniu pessoas de diversas localidades. Um dos destaques do encontro foi a homenagem ao sanfoneiro Roberto Candido da Silva – Betinho, que veio a falecer.

Segundo a Diretora do Departamento de Cultura e Turismo, Keila Maria Franco, o mais importante é não deixar morrer essa tradição. O evento, porém, não tem a participação apenas de sanfonas, mas também de violão, pandeiro e outros instrumentos. “Os próximos encontros terão uma divulgação maior, melhor estrutura, para que esse evento cresça na região”, ressalta.

José da Silva, natural de Carandaizinho, município de Prados, começou a tocar sanfona com cerca de nove anos de idade e participa do evento. “Tocar sanfona vem do sangue. Começou a partir do Padre Dirceu, que me deu esse incentivo para não deixar morrer essa tradição”, conta o sanfoneiro.

O evento só pôde ser realizado com a ajuda da prefeitura da cidade, explicou a cidadã de Prados, Maria de Lourdes da Silva Pinheiro “Tínhamos vontade de resgatar essa tradição, mas faltava apoio dos próprios companheiros e também de transporte para trazer a gente, já que moramos afastados da cidade”.

De acordo com Alexandre Ferreira Velho, natural de Prados, a prefeitura já tem colaborado bastante. “Acho que a prefeitura já tem investido bastante, este evento não é só publico, mas também privado. Então todos devem se unir para realizá- lo”, conclui.

VAN/ Juliana Sousa; Fernanda Almeida
Foto: Juliana Sousa

Deixe uma resposta